| Arquivo da família
| Foto: Arquivo da família

O curitibano Sergio Luiz da Silva tinha o espírito vencedor. Fosse trabalho ou diversão, o Serjão – como seus amigos o conheciam – entrava para vencer. Era um homem que não gostava de errar ou de perder. Profissionalmente, fez longa carreira dentro da RPC TV. Foram quase 30 anos dentro da empresa. Atuou em diferentes áreas na emissora. Conforme os equipamentos iam se modernizando, seu cargo também se transformava. A última função foi a de técnico de materiais. Antes da TV, atuou também em uma fábrica de placas.

Tinha o futebol com os amigos sua principal distração. Desde criança mostrava seus talentos com a bola nos pés. Mas foi com as mãos que se firmou nas “peladas”. Virou o goleiro oficial da “firma”. Em seu currículo, levantou muitos troféus e medalhas pelos times das empresas em que trabalhou. Enquanto estava na Borges Placas, quebrou a mão em uma das partidas. Continuou naquele jogo e também jogou a final com a mão imobilizada. Sem tomar nenhum gol na decisão, saiu como o herói daquele título.

As derrotas eram sempre ruins para ele. Sofria e reclamava muito, fosse como jogador ou torcedor. Encarava o esporte como uma “brincadeira séria”. O futebol era a preferência, mas qualquer outra modalidade prendia sua atenção. O time do coração era o Coritiba, mas gostava também do Corinthians.

Sergio também gostava de viajar. Desde jovem, o destino preferido era o litoral. Conheceu a esposa Terezinha em uma das idas para Ilha do Mel. Em seis meses, virou amigo, namorou e casou. Em 1982, dois anos depois do casamento, foi presenteado com a chegada da primeira filha, Soraya. Quatro anos mais tarde, nasceu o filho Reverson.

Também era amante da natureza. Nos fins de tarde em que estava de folga, sentava na porta de casa para observar o sol se pôr. Como morava em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, conseguia ver o astro rei se despedindo entre os morros da região. Gostava muito de animais. Em casa, tinha seu “cachorrinho” de estimação: a pitbull Charlote, que cuidava do dono como se ele fosse o bem mais precioso. Ficava sentada ao seu lado, atenta a tudo. A companhia de Charlote só tinha um “problema”, toda vez que Sergio cochilava a cachorro latia para que ele ficasse acordado. Mas ele nem ligava para o “despertador”.

Era um homem tranquilo, não se alterava nunca com as pessoas. Esse jeitão sereno, fez com que fizesse muitas amizades. Gostava de receber todos em sua casa para um churrasco, mas não costumava visitar. Com os dois irmãos era a mesma coisa: recebia todos com o coração aberto, mas dificilmente fazia visitas.

A fé em Nossa Senhora do Perpétuo Socorro também foi marcante na vida de Serjão. Todas as quartas, participava da novena no santuário em frente ao Estádio Couto Pereira. Foi diagnosticado com um linfoma há 4 anos. Depois de oito ciclos de quimioterapia, a doença já não se manifestava mais. Mas há dois anos, recebeu novo diagnóstico. Passou novamente pelos tratamentos, mas não resistiu. Deixa a esposa, dois filhos, três netos, dois irmãos e sobrinhos.

Dia 27 de agosto, aos 52 anos, de complicações decorrentes de um linfoma, em Curitiba.
Colaborou: Getulio Xavier.

Lista de falecimentos - 17/09/2015

Alcindino Pereira, 68 anos. Profissão: metalúrgico. Filiação: Alcides Pereira e Madalena do Carmo Pereira. Sepultamento ontem.

Ana Maria Couto da Silva, 58 anos. Profissão: do lar. Filiação: Miguel Ferreira da Silva e Ângela Couto da Silva. Sepultamento hoje, Cemitério Campo Largo da Roseira, em São José dos Pinhais.

Anselmo Edvin Nied, 86 anos. Profissão: vigilante. Filiação: Amália Nied. Sepultamento ontem.

Antônio Emidio Vidal, 68 anos. Profissão: vendedor. Filiação: Taci Vidal e Cosntantina Vidal. Sepultamento ontem.

Carlos Henrique Cardozo Coelho, 59 anos. Profissão: comerciante. Filiação: Hildo Cardozo Coelho e Elza Roncato Coelho. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal São Francisco de Paula.

Celcina Gonçalves de Almeida, 66 anos. Profissão: doméstica. Filiação: Gregório Gonçalves de Almeida e Roselina Maria de Jesus Almeida. Sepultamento ontem.

Darcy Othero Fernandes Filho, 58 anos. Profissão: economista. Filiação: Darcy Othero Fernandes e Rosa Alda Siqueira Othero Fernandes. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem.

Dorisete de Lourdes da Silva, 55 anos. Profissão: do lar. Filiação: Leo Bernardo da Silva e Zelandia da Silva. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Boqueirão.

Ednilson José Batista Moreira, 49 anos. Profissão: impressor. Filiação: Pedro Batista Moreira e Hilda Palhano Moreira. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical.

Eliel Ferreira dos Santos, 34 anos. Filiação: Sebastião Ferreira dos Santos e Marilda Alves Ferreira dos Santos. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem.

Elisabeth Taschelmayer, 86 anos. Profissão: do lar. Filiação: Adam Schwemlein Taschelmayer e Katharina Bauer. Sepultamento hoje, em local a definir.

Elvira da Silva Guerra, 88 anos. Filiação: Júlio Alves da Silva e Clara Biss. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Bom Jesus dos Passos, em Piraquara.

Helena Iurk, 86 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Pedro Iurk e Anna Catharina Yurk. Sepultamento ontem.

Henriqueta de Lourdes Martins, 66 anos. Profissão: do lar. Filiação: Alfredo Schroeder e Helena Lourenço Schroeder. Sepultamento hoje, no Cemitério Pedro Fuss, em São José dos Pinhais.

Jadson Gustavo Rodrigues dos Reis, 3 meses. Filiação: Indiamara Rodrigues dos Reis. Sepultamento ontem.

João Aureliano Coutrim, 60 anos. Profissão: estofador. Filiação: Jonas Aureliano Coutrim e Aparecida Chiconi Coutrim. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Santa Cândida.

João Lombardi Carrasco, 74 anos. Profissão: motorista. Filiação: Florial Carrasco e Lúcia Lombardi. Sepultamento ontem.

João da Gama Varela, 84 anos. Profissão: encanador. Filiação: Franklim Antônio Varela e Maria Cândida da Gama. Sepultamento ontem.

Jocelina Cardoso Leal, 73 anos. Profissão: montadora. Filiação: Jocelin Cardoso Leal e Maria Ferreira Leal. Cerimônia hoje, no Crematório Vaticano.

José Daves da Silva Filho, 78 anos. Profissão: servente. Filiação: José Daves da Silva e Maria Dias da Silva. Sepultamento ontem.

José Tibúrcio de Jesus, 72 anos. Filiação: Djanira Prestes de Jesus. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Água Verde.

José de Paula, 74 anos. Filiação: Samuel de Paula e Luzia Nair de Brito. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem.

Júlio César Lázaro Martinez, 59 anos. Profissão: empresário. Filiação: Guilherme Lázaro Martinez e Aparecida Leonor Zanatta Lázaro. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem.

Leocadia Kmiecik Bulik, 74 anos. Filiação: Pedro Kmiecik e Rosália Kmiecik. Sepultamento hoje, no Cemitério Tomas Coelho, em Araucária.

Lineu Francisco Andrade Halila, 74 anos. Profissão: comerciante. Filiação: Halil Halila e Nahir Clazer Andrade Halila. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem, saindo de residência.

Lourdes Bernadete Bortolan, 64 anos. Profissão: do lar. Filiação: Amadeu Bortolan e Tereza Zampier Bortolan. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo da Capela Bom Jesus.

Lúcia Negoseki Wosniak, 92 anos. Profissão: do lar. Filiação: André Negoseki e Ana Negoseki. Sepultamento ontem.

Macir Ramos, 36 anos. Profissão: promotor de vendas. Filiação: Darcy Benedito de Ramos e Maria Alves Vidal de Ramos. Sepultamento ontem.

Marcelo dos Santos Campos, 26 anos. Profissão: estudante. Filiação: Maurício Campos e Maria Cristina dos Santos. Sepultamento ontem.

Maria Aparecida Vieira da Silva, 62 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Vieira da Silva e Senaura Rosaria Beltrão. Sepultamento ontem.

Maria Zenaide do Nascimento da Silva, 62 anos. Profissão: doméstica. Filiação: Jorge do Nascimento e Maria Lídia do Nascimento. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical.

Maria de Lourdes Enes de Oliveira, 53 anos. Profissão: auxiliar de limpeza. Filiação: Pedro Batista de Oliveira e Maria da Conceição Enes de Oliveira. Sepultamento ontem.

Maria de Lourdes Stock Machado, 93 anos. Profissão: comerciante. Filiação: Júlio Machado da Luz e Rosina Stock Machado. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal São Francisco de Paula.

Napoleão Ribeiro do Nascimento, 53 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Pedro Ribeiro do Nascimento e Rosália da Luz. Sepultamento ontem.

Nelson Rocha, 64 anos. Filiação: Jesulino Rocha e Maria Pereira Rocha. Sepultamento ontem.

Pedro Emidio Santos, 75 anos. Profissão: vigilante. Filiação: Domingos Emidio Santos e Sebastiana Gomes Santos. Sepultamento ontem.

Regiana Priscila Medeiros, 34 anos. Profissão: estudante. Filiação: Thadeu dal Vesco Medeiros e Dirce dal Vesco Medeiros. Sepultamento ontem.

Regina Consuelo Ferraz dos Santos, 68 anos. Profissão: funcionária pública federal. Filiação: João de Jesus Maciel dos Santos e Lauri Pereira dos Santos. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem.

Rildo Fausto Kops, 75 anos. Profissão: comerciante. Filiação: Alfredo Augusto Kops e Cecília Kops. Sepultamento ontem.

Rinaldo Francisco dos Reis, 69 anos. Profissão: autônomo. Filiação: José Francisco dos Reis e Severiana Maria de Jesus. Sepultamento ontem.

Sérgio Stumbo Erichsen, 55 anos. Profissão: mecânico de aeronaves. Filiação: Lauro Vaz Erichsen e Lauro Vaz Erichsen. Cerimônia hoje, no Crematório Vaticano.

Tereza Joslin, 73 anos. Profissão: funcionária pública municipal. Filiação: Lourival Joslin e Iracy Joslin. Sepultamento ontem.

Terezinha Cardoso, 72 anos. Profissão: jornalista. Filiação: João Ireno Cardoso e Santilia Melo Cardoso. Cerimônia hoje, no Crematório Perpétuo Socorro, em Campo Largo.

Werner Augusto Redeker, 76 anos. Profissão: mecânico. Filiação: Augusto Redeker e Elfrieda Redeker. Sepultamento ontem.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]