Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Curitiba
  3. Moradores organizam festas no Jardim das Américas para espantar marginais de praças

primavera cultural

Moradores organizam festas no Jardim das Américas para espantar marginais de praças

Primeiro evento será neste sábado (1.º) na Praça Ryu Mizuno com food trucks, circo e shows de música

  • Raquel Derevecki
Praça Ryu Mizuno recebe o primeiro evento da Primavera Cultural no Jardim  das Américas neste sábado. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Praça Ryu Mizuno recebe o primeiro evento da Primavera Cultural no Jardim das Américas neste sábado. Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Moradores do Jardim das Américas, em Curitiba, se mobilizam para tentar afastar usuários de drogas e marginais das praças do bairro. E, apesar da iniciativa ter apoio da Polícia Militar (PM), o objetivo é que a paz volte sem a atuação policial, apenas por meio da força de vontade dos próprios vizinhos. Para isso, o Conselho de Segurança (Conseg) do bairro organiza a Primavera Cultural, uma série de eventos para que a própria população ocupe as praças. A primeira edição será neste sábado (1.º) na Praça Ryu Mizuno e a expectativa é de público de 2 mil pessoas.  

Os encontros nas praças do Jardim das Américas terão apresentações musicais, circo, exposições da PM e food trucks que oferecerão espetinhos, hambúrgueres, churros, crepes e waffles. A ação começa às 10h e segue até às 20h na Praça Ryu Mizzuno. “Nosso objetivo é atrair a população às praças, afastando marginais dali”, explica a advogada Margareth de Andrade Nascimento, presidente do Conseg.

- Leia também - Prefeitura promete remover pichações do Centro Histórico de Curitiba

Segundo ela, a ideia surgiu durante reuniões do Conseg, nas quais moradores reclamaram do número de usuários de drogas nas praças e da falta de segurança que isso trazia aos visitantes. “A população está parando de frequentar nossas praças, o que deixa os espaços livres para nóias e marginais”, lamenta. 

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/11/30/Curitiba/Imagens/Cortadas/PracaRyoMizzuno1An-kuFH-U204107364956KfB-1024x683@GP-Web.jpg
Primavera Cultural é organizada pelo Conselho de Segurança dos moradores do Jardim das Américas.Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

- Veja mais - Comércio de Curitiba expande horário de atendimento para o Natal

Diante da situação, o Conseg decidiu organizar eventos públicos para atrair famílias do bairro para os logradouros públicos. A primeira praça escolhida é a Ryu Mizzuno, na Rua Vicente Salvador, conhecida pelo portal japonês. “O espaço é grande, ótimo para crianças e para pessoas que querem passear com cães. Sem contar que oferece várias vagas de estacionamento ao redor”, comenta Margareth.

O evento contará com apoio da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), participação da Banda Lyra Curitibana e com exposição do acervo da Academia da Polícia Militar. 

Os visitantes também poderão doar livros e alimentos nas praças. “Os livros arrecadados vão para a implantação de uma biblioteca itinerante no bairro, enquanto os alimentos serão doados à creche mantida pela Igreja do Nazareno”, comenta a presidente do Conseg. 

Outras praças

A proposta é expandir o projeto para outras praças do Jardim das Américas. A próxima, segundo a advogada, será a Lafayette Queirollo, que já foi completamente abandonada pela população. “Essa é a praça com menos ocupação por parte dos moradores e com maior número de nóias, mas vamos retomá-la também. Esse é o objetivo”, prometeu Margareth, que deve divulgar a data do evento em breve. 

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE