Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Ligeirão Norte-Sul tem mais duas estações-tubo em operação.
Curitiba, 20/12/2021.
Foto: Luiz Costa/SMCS
Estação-tubo Hospital do Trabalhador.| Foto: Luiz Costa/SMCS

Duas estações-tubo que estavam fechadas para obras de desalinhamento voltam à ativa nesta terça-feira (21) em Curitiba. As paradas Silva Jardim e Hospital do Trabalhador passaram por reformas visando à ampliação do itinerário do Ligeirão Norte-Sul, ligando os terminais do Santa Cândida e do Pinheirinho. Atualmente, os ônibus da linha só trafegam até a Praça do Japão. Ao todo, 26 estações-tubo, entre a Praça do Japão e o terminal do Pinheirinho serão desalinhadas e remodeladas para garantir a extensão da rota - cujo tempo de viagem passará de 66 minutos para 50 minutos após as obras.

WhatsApp: receba notícias do Paraná pelo celular

Já tiveram as obras concluídas e foram colocadas em funcionamento as estações-tubo Dom Pedro I, José Bettega, Ouro Verde, Morretes, Hospital do Trabalhador e Silva Jardim. Nas estações-tubo Carlos Dietzsch e Vital Brasil, as obras seguem em andamento nos dois sentidos.

Com os trabalhos já executados na Estação Carlos Dietzsch, no Portão, a via lenta de veículos na República Argentina, na região da Igreja do Portão será restabelecida. Assim, a partir desta terça-feira (21), as ruas Carlos Dietzsch e João Bettega, que precisaram ter o trânsito alterado durante no período de obras, terão o trânsito restabelecido.

Além do desalinhamento das estações-tubo, os serviços incluem a pavimentação das pistas lentas – além da canaleta exclusiva dos ônibus –, implantação de novo calçamento, novo sistema de iluminação e paisagismo e implantação de faixa compartilhada para ciclistas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]