Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Cães na antiga sede da Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba
Imagem de arquivo da Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo/Arquivo

A forte chuva que caiu na manhã desta quinta-feira (30) trouxe prejuízos também para a Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba (SPAC), no bairro Santa Cândida. As pedras de granizo que acompanharam a tempestade danificaram os telhado dos canis na chácara da SPAC, que fica na Estrada Velha de Colombo, e a ONG que trabalha para a proteção animal precisa de ajuda para a reconstrução.

RECEBA notícias de Curitiba e região em seu Whatsapp

Apesar dos estragos nas estruturas, os cães não foram afetados e podem ficar no local. “Apesar dos buracos, os cães conseguem se abrigar, há casinhas na maioria dos canis, embaixo do telhado”, explica a presidente da SPAC, Soraya Simon.

Estragos no telhado da SPAC causados pelo temporal desta quinta-feira (30)
Estragos no telhado da SPAC causados pelo temporal desta quinta-feira (30)| Divulgação/SPAC

De acordo com Soraya, 13 cães vivem no espaço danificado atualmente, onde também funciona uma clínica veterinária. O prejuízo estimado com a troca das telhas está avaliado em cerca de R$ 1 mil. A SPAC agora pede ajuda para pagar as despesas extras causados pela chuva. “A SPAC sobrevive exclusivamente de colaborações e renda da clínica veterinária”, enfatiza a presidente.

Quem quiser ajudar, deve acessar o link "Doações" no site da Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba.

Além da arrecadação emergencial, a SPAC pede a doação de ração, medicamentos veterinários, produtos de limpeza, jornal velho e cobertores. A ONG também tem animais disponíveis para adoção.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]