i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
TEMPO

Tempestades atingem o Paraná e provocam danos e queda de luz

Temporal já atinge o Oeste do estado e deve chegar à capital durante a madrugada desta segunda-feira (2)

  • PorRaquel Derevecki e Fernando Martins
  • 01/10/2017 19:30
Imagem divulgada pelo Simepar mostra, em amarelo e vermelho, a região atingida por temporais na tarde e início da noite, | Reprodução/Simepar
Imagem divulgada pelo Simepar mostra, em amarelo e vermelho, a região atingida por temporais na tarde e início da noite,| Foto: Reprodução/Simepar

Chuvas fortes, rajadas de vento intensas, raios e granizo atingiram o Paraná a partir da tarde deste domingo (1). De acordo com a Defesa Civil do estado, uma das primeiras cidades afetadas foi Francisco Beltrão, no Sudoeste. E a tempestade seguiu atingindo as regiões de Cascavel, Foz do Iguaçu e Umuarama, no Sudoeste e Oeste do Paraná.

Até a última atualização desta reportagem, por volta das 23h do domingo, havia a previsão de que as fortes chuvas ainda chegariam às demais regiões do estado, incluindo o Norte, os Campos Gerais e a região metropolitana de Curitiba. Por volta das 22h30 do domingo, o Simepar emitiu um alerta de que havia a possibilidade de ocorrer rajadas de vento de 40 km/h a até 80 km/h na região de Londrina.

De acordo com o soldado Marco Antônio Santos, do Centro Estadual de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cegerd), a tempestade em Francisco Beltrão começou por volta das 15h30 e causou falta de energia elétrica, queda de árvores pela cidade e destelhamento parcial de – ao menos – quatro residências.

Já no fim da tarde e à noite, chuvas intensas foram registradas nos municípios de Cascavel, Foz do Iguaçu, Céu Azul, Capanema, Pranchita e Capitão Leônidas Marques, onde equipes da Defesa Civil ficaram em alerta para atender a população em caso de necessidade. Nesses locais houve chuva forte com muitos trovões e também faltou luz. Em Capanema e Capitão Leônidas Marques, teve registro de quedas de árvores.

No entanto, até as 23h deste domingo (1), nenhum atendimento mais grave havia sido registrado pelo Cegerd. “Possivelmente, teremos informações mais detalhadas somente pela manhã [de segunda-feira]”, adianta.

Estado em alerta

A Defesa Civil ia ficar de prontidão durante toda a madrugada desta segunda-feira (2). “Não sabemos como a tempestade vai se deslocar, que horas vai chegar em cada cidade e com que força. Então, estamos prontos para agir em caso de necessidade”, afirmou. Segundo o Simepar, a mudança de tempo será repentina em todas as regiões atingidas.

Em Curitiba, a prefeitura informou na manhã do domingo (1) que também está com equipes de prontidão para atender situações de alagamento, destelhamentos e quedas de árvores – comuns quando há chuva forte.

Em caso de áreas de inundação, a prefeitura orienta para aviso imediato à Defesa Civil (199) ou ao Corpo de Bombeiros (193) . Além disso, ao verificar riscos de alagamentos, a orientação é proteger a vida e, se for necessário retirar algo da casa, deve-se pedir ajuda das autoridades competentes. Outra dica é desconectar os aparelhos elétricos da corrente elétrica para evitar curtos circuitos nas tomadas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.