i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
imóveis

Ações de construtoras caem na Bolsa

  • PorCristina Rios
  • 21/08/2011 21:18

O aumento dos custos de mão de obra e de insumos, aliado a uma previsão de demanda menos vigorosa por imóveis nos próximos meses, azedou o bom humor dos investidores em relação às construtoras e incorporadoras com ações listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

E a lua de mel do mercado com as empresas aparentemente não tem data para voltar. As ações das companhias do setor despencaram e acumulam perdas fortes no ano, maiores do que o Ibovespa, que reúne os papeís mais negociados e que acumula perdas de 24,32%, Os papéis da Gafisa encerraram a sexta-feira passada com perdas acumuladas no ano de 41%, a Cyrela, com queda de 35,85%, a PDG Realty, com 30,39%, a MRV com queda de 25,05% e a Rossi com 25,88%. Apesar de a possibilidade de uma queda abrupta das vendas estar descartada, a onda de mau humor se acentuou com a divulgação dos resultados financeiros trimestrais dessas empresas, que vieram abaixo da expectativa dos analistas. Apesar do lucro, as empresas apuraram menores margens e redução na velocidade de vendas, o que desagradou o mercado, que espera uma maior cautela dessas empresas na segunda metade do ano.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.