i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Crise

Alívio para Grécia prejudicaria Alemanha, diz Rösler

Ideia de os credores oficiais renunciarem aos direitos sobre a dívida da Grécia foi rejeitada por ministro alemão

  • Por
  • 03/11/2012 07:06

O ministro da Economia da Alemanha, Philipp Rösler, rejeitou a ideia de os credores oficiais renunciarem aos direitos sobre a dívida da Grécia e argumentou que isso provocaria um rombo no orçamento alemão e poderia colocar em risco o rating de seu país.

Rösler, que é membro do Partido Liberal Democrata (FDP), um dos integrantes da coalizão de governo, afirmou à revista alemã Wirtschaftswoche que o perdão da dívida da Grécia pelos credores oficiais acabaria prejudicando o orçamento federal e esse rombo precisaria ser preenchido. Além disso, a Alemanha "também não pode descumprir as metas (orçamentárias); em vez disso precisa continuar como uma âncora de estabilidade e solidez na zona do euro", disse.

A Alemanha é a maior economia da zona do euro e seus títulos soberanos são considerados um dos mais confiáveis do continente. A fé dos investidores no país permitiu que ele se beneficiasse da crise de dívida da zona do euro à medida que os fluxos de capital para ativos seguros provocou queda nos custos dos empréstimos ao país para níveis historicamente baixos.

Os líderes da zona do euro estão avaliando meios de ajudar a Grécia a sair da crise econômica e de dívida que já dura anos. Uma solução possível seria os credores oficiais do país, incluindo outros membros da zona do euro, concordarem em renunciar a parte dos direitos sobre a dívida grega que detêm. As informações são da Dow Jones.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    Fim dos comentários.