i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Telecomunicações

Anatel aprova regras para telefonia fixa rural

  • PorAgência Estado
  • 08/08/2013 15:45

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta quinta-feira (80 o regulamento para a oferta de telefonia fixa nas áreas rurais, por meio da faixa de 450 megahertz (MHz). O serviço faz parte das obrigações que o governo impôs aos vencedores do leilão de 4G, na faixa de 2,5 gigahertz (GHz), em junho do ano passado.

De acordo com o regulamento, as teles serão obrigadas a oferecer dois tipos de planos de serviços básicos: um para as localidades situadas a até 30 quilômetros das cidades e outro para os clientes mais distantes. Além disso, as operadoras poderão oferecer planos diferenciados.

O plano obrigatório de telefonia para quem reside a até 30 quilômetros das cidades terá uma modalidade pré-paga, com créditos de R$ 15 com validade de 120 dias. Na modalidade pós-paga, a franquia mensal com 100 minutos de ligações custará pouco mais de R$ 30, dependendo da área de atendimento (no DDD 11, custará R$ 32,61). Nas localidades mais distantes que 30 quilômetros das cidades, os preços do plano obrigatório serão definidos pelas operadoras.

"Hoje a telefonia rural se dá por meio de um contrato específico feito caso a caso. O objetivo é criar oferta estruturada do serviço, assim como em outras áreas", afirmou o conselheiro relator do regulamento, Jarbas Valente.

Os primeiros planos de telefonia fixa rural devem começar a ser oferecidos pelas operadoras em setembro de 2014, em 30% do País. A totalidade do território nacional deve ser alcançada até o fim de 2015.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.