i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
hackers

“Anonymous” afirmam ter derrubado site do Bradesco

  • PorDas agências
  • 31/01/2012 21:19

Hackers brasileiros do grupo Anonymous disseram ontem ter realizado um novo ataque a instituições bancárias. O site do banco Bradesco teria sido alvo da ação de protesto feita pelo grupo. Por volta das 10 horas de ontem, o site do Bradesco ficou indisponível por mais de dez minutos e apresentou instabilidade e lentidão durante outros 30 minutos.

Por nota, a assessoria de imprensa do Bradesco informou que o site recebeu um volume de acessos superior à média e que chegou a apresentar intermitência, mas que não teria saído do ar. O Bradesco mapeou e notou que alguns acessos eram sempre dos mesmos endereços na página principal do banco, alguns de não correntistas. O internet ban­king do Bradesco chega a fazer 5 milhões de transações por dia, incluindo consultas a saldos e outras operações.

O grupo Anonymous tem utilizado de uma técnica de ataques de negação distribuída de serviço, o DDOS (um acrônimo em inglês para Distributed Denial of Service), que consiste em bombardear um servidor com pedidos de acesso para um site até que ele atinja o limite de sua capacidade e fique indisponível. Segundo especialistas em segurança da informação, este tipo de ataque não oferece grandes riscos à segurança de dados armazenados, mas deve ser acompanhado com atenção, pois eventualmente pode ser um disfarce para que os hackers tentem outras formas de invasão ao servidor alvo.

Cronograma

Por meio de suas contas no Twitter, os hackers dizem que a ação é um protesto contra a corrupção e será feita ao longo da semana com o intuito de deixar a cada dia um serviço de internet banking fora do ar por pelo menos 12 horas. Na segunda-feira, o alvo foi o Itaú, mas o site ficou fora do ar apenas por alguns minutos. Hoje seria a vez do Banco do Brasil. Ama­nhã, o alvo seria a Caixa e, na sexta, o Santander, segundo as redes sociais. O presidente do Santander, Marcial Portela, disse na manhã de ontem que o banco vem monitorando e reforçando seu site desde a semana passada, por causa das ameaças de ataques.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) afirmou, por meio de nota, que os ataques a sites dos bancos, se bem sucedidos, "atingiriam e prejudicariam a população que utiliza os serviços eletrônicos para obter informações e realizar transações bancárias". Ainda segundo a entidade, as instituições financeiras têm "mecanismos e contingências capazes de inibir eventuais ataques como os supostamente seriam tentados contra os bancos" e ainda ressaltou que a instituição "vem postulando com empenho a aprovação de lei específica que criminalize ataques e fraudes eletrônicas".

Interatividade

Você chegou a ter algum problema por causa do ataque dos hackers a sites de bancos?

Escreva para leitor@gazetadopovo.com.br

As cartas selecionadas serão publicadas na Coluna do Leitor.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.