A arrecadação de tributos federais reduziu o ritmo de crescimento em outubro. No mês, foram arrecadados R$ 74,4 bilhões em impostos e contribuições. O resultado representou uma alta nominal de 8,24% ante o mesmo mês do ano passado e avanço real (com correção pela inflação) de 2,89%. Em todos os meses deste ano houve avanço na comparação com igual mês do ano passado.

A Receita Federal atribui a desaceleração de outubro às arrecadações extraordinárias ocorridas no mesmo mês de 2009, especialmente as transferências de depósitos judiciais da Caixa Econômica Federal p­­ara o Tesouro, de cerca de R$ 5 bilhões. De janeiro a outubro, a arrecadação de tributos federais acumula R$ 648 bilhões, com avanço real de 11,87% ante igual período de 2009. A meta da Receita para o ano é de elevar a arrecadação entre 10% e 12% em relação a 2009.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]