Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Zagueiro João Leonardo entra no lugar de Danilo, que está suspenso. Jancarlos também é desafalque | Albari Rosa / Gazeta do Povo
Zagueiro João Leonardo entra no lugar de Danilo, que está suspenso. Jancarlos também é desafalque| Foto: Albari Rosa / Gazeta do Povo

Soja - EUA ameaçados

O Brasil tem condições de se tornar o maior produtor mundial de soja a partir de 2009, afirmou o diretor de Logística da Conab, Sílvio Porto. Com a redução do plantio de soja nos Estados Unidos – para 28 milhões de hectares – por conta da expansão do milho, movimento de substituição que deve persistir até 2010, o Brasil e a Argentina são os países com maiores condições para alcançar a dianteira na produção da oleaginosa, explica Porto. A área no Brasil está próxima de 21 milhões de hectares.

Ao revisar para baixo a safra brasileira de grãos, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) expõe o avanço da cana-de-açúcar e do milho sobre área de trigo no Paraná. O diretor de Logística e Gestão Empresarial, Sílvio Porto, disse ontem, durante a divulgação do 10.º levantamento da safra 2006/07, que apesar da recuperação da produção nacional de trigo esperada para este ano, o avanço do milho e da cana sobre a área destinada ao cereal de inverno no estado é preocupante.

A Conab estima que neste ano o trigo voltará aos 3,8 milhões de toneladas, aumento de 71,8% sobre a colheita do ano passado, comprometida pelo clima. Apesar dos preços favoráveis do trigo, Porto destacou uma redução do plantio do cereal no Paraná, maior produtor, por causa da substituição de parte da área por milho safrinha, que tem preços mais vantajosos, e também pela cana. "Ou seja, já existe uma concorrência efetiva, neste caso negativa, em relação ao milho no estado, a cana está absorvendo parte desta área. É muito preocupante um produto da agroenergia avançando sobre um produto tão importante na alimentação brasileira", explica.

No último ano o estado cultivou 50,05% da área nacional de trigo, de 1,758 milhão de hectares, e colheu 50,46% da produção, de 2,23 milhões de toneladas. Para 2007, a intenção de cultivo segue a tendência apontada pela Conab, com 852 mil hectares.

O milho (verão e safrinha), segundo estimativa do Rumos da Safra/Gazeta do Povo, deve produzir este ano no Paraná 13,7 milhões de toneladas – a safra anterior foi de 11,3 milhões de toneladas. Somente no safrinha, que já começa a ser colhido, a área cresceu 32%, de 971,4 mil hectares, para 1,282 milhão de hectares.

No caso da cana-de-açúcar, a área cresce de 362,8 mil hectares em 2005/06, para 410 mil hectares na atual safra. Nos últimos 5 anos, o aumento foi de 23%, crescimento justificado pela demanda mundial de açúcar e álcool. Segundo o produtor, no ano passado o estado exportou 1,51 milhão de toneladas de açúcar e 269,6 milhões de litros de álcool.

Revisão

A safra brasileira de grãos 2006/07 será de 130,5 milhões de toneladas, ou 6,5% superior ao registrado no ciclo anterior, de 122,5 milhões de toneladas. Em relação à sondagem do mês passado, que apontava uma produção de 130,7 milhões de toneladas, houve redução de 0,1%. A colheita da maioria dos grãos está praticamente no fim. Restam 10% do milho, 19% do feijão e 55% do algodão. A colheita de soja está totalmente concluída.

Nesta pesquisa foram avaliados ainda os primeiros números da produção de trigo para o ciclo 2007/08. A cultura registra um crescimento de 71,8% em relação à safra atual, saindo de 2,2 milhões para 3,8 milhões de toneladas. O aumento é reflexo da retomada de área e da recuperação da produtividade.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]