Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    Claudio Lemes Louzada

    ± 1 horas

    O Paraná arraigado ao atraso aéreo! Há 5 anos a frota de turboélice de 70 lugares era de 54 aeronaves. Hoje, 31 unidades. As aéreas estão modernizando a frota regional para os jatos de 135 lugares! E o Paraná reformando e construindo aeroportos regionais para o ontem. Muitas cidades ficarão novamente sem suas linhas aéreas quando as congêneres concluírem a troca de frota em 2023. A infraestrutura ficou estagnada e não comportará os novos jatos de 135 lugares, embora o potencial do estado é um dos melhores. Saudações,

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Claudio Lemes Louzada

    ± 1 horas

    Parabéns pela matéria, aborda os pontos principais que estão afetando negativamente o modal. Acredito também que o não desenvolvimento do setor é causado principalmente pela baixa infraestrutura aeroportuária. O mercado Brasileiro é composto pelas capitais de estado + 20 cidades médias, e só. No resto do Brasil não existe infraestrutura. Na China, aeroporto regional tem pista de 2.500 x 45m em cimento Portland, voo por instrumento etc. Aeroporto principal ou internacional tem pista de 4.000 x 60m. Enquanto no Brasil continuamos a construir puxadinhos, pistinhas de asfalto mole, 1.500m no máximo. Além dos problemas apontados pela reportagem, o mercado fica restrito fisicament p falt de infra.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Ana D Rosa

    ± 2 horas

    O Brasil - povo, legisladores e Governo - precisa entender que há uma escolha a fazer: ou se beneficia da verdadeira concorrência entre as empresas (que gera melhores preços e quualidade) ou impõe direitos mediante regulação pesada (como vedação de cobrança de bagagens, interferência na malha, sem falar nos direitos do consumidor e trabalhista). Não dá para ter tudo, simples assim.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Giancarlo Bento Antoniutti

    ± 4 horas

    Já faz a matéria pedindo subsídio ao combustível ? Sendo que o preço das passagens é livre! Esse país não tem jeito! Até empresário acha que quem resolve seus problemas é o Estado não ele próprio.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.