Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Paulo Whitaker/Reuters
| Foto: Paulo Whitaker/Reuters

O governo português cancelou ontem a privatização da companhia aérea TAP, que tinha a Synergy do empresário brasilerio German Eframovich (dono também da Avianca) como único interessado. Segundo as autoridades, houve falha na apresentação de garantias bancárias. Eframovich se disse decepcionado e alegou que houve falha de informação e que estava preparado para entregar ontem as garantias.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]