Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Os índices de ações norte-americanas Standard & Poor's 500 e Nasdaq passaram a acumular queda em 2011 após a baixa nesta quarta-feira, enquanto o Dow Jones teve seu pior desempenho diário desde agosto nesta sessão, com investidores vendendo ações por medo de que a crise nuclear no Japão se agrave.

O Dow Jones recuou 2,04 por cento, para 11.613 pontos. O S&P 500 teve desvalorização de 1,95 por cento, para 1.256 pontos. O Nasdaq caiu 1,89 por cento, para 2.616 pontos.

O Dow também passou para o negativo em 2011 com mercados se prevenindo contra possíveis perdas futuras no curto prazo.

O índice de volatilidade da CBOE saltou 21 por cento, com seu maior ganho percentual desde 22 de fevereiro. Com 29,31 pontos, o índice que mede o temor de Wall Street acumula alta de mais de 46 por cento esta semana. Durante a sessão desta quarta-feira, ele ficou acima do importante nível psicológico de 30 pontos.

O analista Phil Flynn, da PFG Best, em Chicago, afirmou que os mercados estavam se movimentando "manchete após manchete, então estou avisando as pessoas para que não se comprometam excessivamente com o mercado no momento".

Ações despencaram após o comissário de Energia da União Européia afirmar que "nas próximas horas" poderiam ocorrer mais eventos catastróficos, "que imporiam uma ameaça às vidas dos japoneses".

A incerteza quanto ao Japão levou investidores a buscar bens mais seguros como títulos de dívida.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]