Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou um dia "morno" em leve queda nesta terça-feira (15), acompanhando o "compasso de espera" visto no mercado internacional e interrompendo a série de recordes sucessivos de pontos para o ano de 2009.

O índice Ibovespa, referência para o mercado brasileiro, teve queda de 0,06% no dia, fechando aos 69.310 pontos. O volume financeiro negociado nesta terça caiu aos níveis mais baixos das últimas semanas, ficando pouco abaixo de R$ 4,7 bilhões.

O dólar ganhou força à medida que dados melhores que o esperado foram divulgados nos Estados Unidos. Os preços ao produtor nos Estados Unidos subiram 1,8% no mês passado, acima do esperado por analistas.

Empresas locais

Entre as empresas em destaque nesta terça-feira estava o Banco do Brasil. O presidente da instituição, Aldemir Bendine, confirmou que negocia a compra do banco argentino Patagônia. Além da instituição, o BB também planeja uma oferta de ações em 2010, assim como a aquisição de uma corretora de valores.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que as vendas no varejo registraram crescimento de 1,4% em outubro, mais que o dobro do esperado pelos analistas. Com isso, empresas do setor com ações em bolsa, como a Lojas Americanas e a Renner, tiveram em alta no dia.

Outra empresa bastante influenciada pelo mercado interno e pela disposição do consumidor em comprar, a Natura, foi uma das líderes de valorização nesta terça-feira. O papel da empresa avançou mais de 3%.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]