Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Trabuco não revelou quanto o Bradesco está disposto a pagar. | Mario Miranda/Reuters
Trabuco não revelou quanto o Bradesco está disposto a pagar.| Foto: Mario Miranda/Reuters

O Bradesco vai fazer uma oferta vinculante para comprar o HSBC Brasil em julho, conforme o cronograma divulgado pelo banco, de acordo com Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente da instituição.

“Fizemos uma oferta [não vinculante] e estamos analisando. Não temos nenhuma ideia formada nem preconcebida. A segunda oferta só será feita no mês de julho pelo calendário estabelecido pelo vendedor”, disse ele, ao visitar o CIAB 2015, realizado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Trabuco não revelou quanto o Bradesco estaria disposto a ofertar pelo HSBC na segunda fase da disputa pelo ativo. Na primeira etapa, o banco teria oferecido até R$ 10 bilhões. “Como está na segunda fase de avaliação de dados e de números, o tamanho do apetite, da vontade, do cheque, será definido praticamente na última hora”, disse o presidente do Bradesco.

Sobre a aquisição do HSBC aumentar a concentração bancária no Brasil, o executivo disse que o sistema brasileiro nunca foi tão consolidado como é hoje e nunca a competição foi tão acirrada.

“Mas é uma competição forte mesmo. Não é simplória. Então, a consolidação não quer dizer que você reduz o espectro da competição. Ao contrário, aumenta a concorrência”, avaliou Trabuco.

Concorrência

Além do Bradesco, passaram para a segunda fase de disputa pelo HSBC, conforme fontes, o Santander Brasil e o Itaú Unibanco. O objetivo do HSBC é vender a operação de varejo, mantendo a estrutura de atacado para atender grandes companhias no país nos moldes de outros estrangeiros presentes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]