• 19/01/2021 13:52
Colapsou na saúde

Auxílio emergencial: Defensoria vai à Justiça por retomada do benefício no Amazonas

  • 19/01/2021 13:52
  • PorEstadão Conteúdo
    Ambulâncias com pacientes que foram transferidos do Amazonas por falta de oxigênio hospitalar
    Ambulâncias com pacientes que foram transferidos do Amazonas por falta de oxigênio hospitalar| Foto: Divulgação/Ministério da Saúde

    A Defensoria Pública da União (DPU) em Manaus entrou com um pedido na Justiça Federal para que o governo retome em até dez dias o pagamento o auxílio emergencial no Amazonas. De acordo com ação civil pública o pedido é para que o governo garanta pelo menos duas parcelas de R$ 300 do auxílio extensão encerrado em 31 de dezembro de 2020. A defensoria solicita ainda que o benefício possa ser prorrogado enquanto as filas por leitos nas UTIs do estado obriguem o governo do Amazonas a decretar medidas mais rigorosas de isolamento social.

    No documento, a DPU/AM argumenta que a atual situação de colapso do sistema de Saúde no estado mostra que a gravidade da pandemia de Covid-19 no Amazonas é maior inclusive do que a verificada quando o auxílio emergencial foi criado, em abril do ano passado. A defensoria cita inclusive o toque de recolher determinado pelo governo estadual no último dia 14, após a crise da falta de oxigênio nos hospitais amazonenses, além da suspensão de todas as atividades não essenciais nos 62 municípios amazonenses.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.