• 25/10/2019 14:52
Oferta de ações

IPO do banco BMG movimenta R$ 1,6 bilhão

  • 25/10/2019 14:52
    • Estadão Conteúdo
    site-b3-bolsa-de-valores-brasileira-no-celular
    Celular mostra site da B3, a bolsa de valores brasileira.| Foto: Bigstock

    Em sua segunda tentativa de abrir o capital em menos de um ano, o mineiro BMG, controlado pela família Pentagna Guimarães, conseguiu emplacar dessa vez sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que movimentou R$ 1,6 bilhão. Com o interesse de grandes fundos estrangeiros, a demanda superou a oferta em quatro vezes, tirando da conta os investidores pessoas físicas, que acabam fazendo fila para entrar na oferta. A ação foi precificada em R$ 11,60, no piso da faixa indicativa de preço.

    A oferta primária, que injetou recursos no caixa do banco, levantou R$ 1,2 bilhão, com a venda de 103,4 milhões de ações. Desse total, conforme definiu em seu prospecto preliminar, 45% deverão ser destinados a investimentos em linhas de negócios existentes, 45% em novos produtos e os 10% restantes em inovações tecnológicas, além de iniciativas de marketing.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.