• 03/07/2019 19:04
Cadeia de produção

Nestlé lança projeto piloto de blockchain para consumidor rastrear suprimentos

  • 03/07/2019 19:04
  • PorGazeta do Povo
    Logomarca de Nestlé
    Nestlé toma a dianteira no uso de tecnologia blockchain para rastrear cadeia produtiva.| Foto: Fabrice Coffrini/AFP

    Maior empresa de alimentos e bebidas do mundo, a Nestlé firmou parceria com a plataforma aberta de blockchain OpenSC para criar uma ferramenta de rastreio dos ingredientes utilizados em sua cadeia produtiva. A proposta é usar a tecnologia para que o consumidor consiga refazer o caminho de sua comida, desde a compra até o produtor de origem. Para isso, o blockchain foi escolhido por garantir registros independentes e livres da possibilidade de adulteração.

    Testes para viabilizar a ferramenta são realizados desde 2017, de acordo com a Nestlé. O programa piloto foi anunciado nesta terça-feira (2) e começa bastante pontual, com o rastreamento da produção de leite de fazendas da Nova Zelândia e que é levada para fábricas e armazéns da Nestlé no Oriente Médio. Mais tarde, a plataforma será testada no acompanhamento do óleo de palma proveniente das Américas.

    As fases iniciais devem permitir que a empresa entenda de que modo o sistema pode ganhar escala. A rastreabilidade das cadeias de fornecimento pretende colaborar com o aumento do nível de transparência da companhia e tem relação com o compromisso por uma produção globalmente responsável, defende a multinacional. Conforme a assessoria da Nestlé, não há previsão para a chegada de ação semelhante ao Brasil.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

      Fim dos comentários.