• 03/10/2019 10:47
Guerra comercial

UE pretende revidar decisão dos EUA sobre tarifas de US$ 7,5 bilhões

  • 03/10/2019 10:47
    • Estadão Conteúdo
    O porta-voz da Comissão Europeia disse que as medidas afetarão consumidores e companhias dos EUA, tornando complicado o esforço para um acordo
    O porta-voz da Comissão Europeia disse que as medidas afetarão consumidores e companhias dos EUA, tornando complicado o esforço para um acordo| Foto: Bigstock

    A União Europeia comunicou nesta quinta-feira, 3, que vai revidar a decisão dos Estados Unidos de impor tarifas a uma série de exportações do bloco. Para isso, começará rapidamente a trabalhar em um imposto sobre empresas poluidoras estrangeiras, de acordo com Paolo Gentiloni, futuro comissário econômico e tributário da UE. Esse movimento pode atingir grupos norte-americanos e aprofundar a guerra comercial com o país.

    A decisão foi tomada após o anúncio dos EUA de que irá punir com tarifas de US$ 7,5 bilhões as exportações da UE a partir do dia 18 de outubro. Nesta quarta-feira, 2, a Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou Washington a tomar medidas retaliatórias contra o bloco europeu devido a subsídios ilegais concedidos à fabricante de aviões Airbus.

    A UE ainda espera que um caso similar envolvendo subsídios dos EUA para a Boeing acabe indo a seu favor, o que pode acontecer nos próximos meses. "Se os EUA impuserem contramedidas, forçarão a UE para uma situação em que teremos de fazer o mesmo", disse o porta-voz da Comissão Europeia, Daniel Rosario, ecoando a perspectiva sombria expressada por vários governos europeus.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.