Tópicos

• Marketing promocional busca comunicação com interação

• Criatividade para transformar qualquer oportunidade em mídia

• Interação com o público-alvo com criatividade e flexibilidade

• Resultados em vendas e construção de marca

Que tal arrancar sorrisos e quebrar o gelo com o seu público? Se você conseguir atingir esses dois pontos, sua campanha de marketing promocional foi eficaz. E é essa a base do marketing promocional, segmento que cresceu em torno de 16% ao ano na última década, e que projeta faturamento de R$ 60 bilhões até 2016, segundo estimativa da Associação de Marketing Promocional (Ampro). Essa tendência é ainda maior na Região Sul, onde uma pesquisa recente mostra que as agências de marketing promocional e seus clientes têm uma expectativa de crescimento de 28% para a apuração de 2013 sobre o ano anterior.

Comunicação com interação

Cada vez mais as empresas veem a necessidade de interagir com o seu público, e o marketing promocional é uma das melhores opções. Para isso, criatividade, sensibilidade e, por que não, uma boa pitada de bom humor, são importantes. Conta o autor Raimar Richers, uma referência em marketing, que a promoção induz a pessoa a comprar, enquanto a publicidade chama a atenção. Há mais de uma década ele já indicava que a promoção começava a assumir a função de fazer o estoque girar, incentivando os atuais clientes a comprar mais, e aos novos a experimentar. Transformar qualquer coisa e oportunidade de contato em mídia é a tônica do marketing promocional. Assim, há uma atuação que cria novos canais, e os transforma em meio de comunicação, com especial vocação para a interação com o cliente.

Dificuldades a superar

É comum ver restaurantes oferecendo cartões fidelidade para o consumidor ganhar uma refeição ou cafezinho grátis em troca da frequência. Isso é a "recompensa", mas há outras formas de promoção, que vão desde as amostras (ou "sampling"), cuponagem, descontos, brindes e premiação por adesão a concursos. Mas atenção: esta última exige cuidados especiais, pois a legislação impõe padrões e regras específicas. A pesquisa já mencionada mostra que a legislação é a principal dificuldade enfrentada, seguido pela disponibilidade de mão de obra e verbas apertadas. A pesquisa mostra, ainda, que entre os principais objetivos das campanhas de marketing promocional figuram a promoção e venda de produtos, e o lançamento e experimentação de novos produtos.

Novas oportunidades

Essa é uma modalidade que vem conquistando adeptos no setor empresarial. Segundo André Dihl, presidente da Ampro, o marketing promocional ganha espaço porque é flexível, e por isso pode ser feito com menor investimento, com uma iniciativa assertiva e resultados fáceis de mensurar.

Sandro Gomes é sócio-diretor da CrossVision – Consultoria e Assessoria em Gestão de Negócios e Marketing

Dê sua opinião

O que você achou da coluna de hoje? Deixe seu comentário e participe do debate.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]