Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Se esperavam uma guerra neste sábado, os jogadores dos Estados Unidos e da Itália conseguiram atingir o objetivo no empate em 1 a 1, em Kaiserslautern, pela segunda rodada do Grupo E. Como uma boa batalha, as seleções jogaram no ataque até sangue teve em campo.

O resultado mantém os quatro times da chave com chances de classificação e a decisão ficará para a última rodada na próxima quinta-feira. A Itália, que lidera com quatro pontos, pega a República Tcheca (três), enquanto os EUA (um) encaram Gana (três). Sob o comando de Marcello Lippi, a seleção italiana está há 20 jogos invicta. Já os EUA seguem sem vencer um jogo de Copa na Europa.

Durante a semana, os jogadores americanos prometeram entrar em campo contra a Azzurra em clima de guerra. A equipe até se concentrou em uma base militar do país na Alemanha. Para completar, o italiano Gilardino prometeu marcar um gol para os soldados mandados pela Itália para lutar no no Iraque. O craque cumpriu sua promessa e marcou o primeiro gol do jogo, enquanto Zaccardo fez contra para os EUA. A partida teve três expulsões: De Rossi, que deixou McBride sangrando, Mastroeni e Pope.

Jogo de igual para igual

Os primeiros cinco minutos deram uma mostra do que seria o jogo: sete faltas e um cartão amarelo para Totti. A primeira boa chance foi de Gilardino, aos 13, cabeceando para fora.

Dois minutos depois, os EUA responderam com bela jogada: Dempsey pedalou pela direita, cruzou e Convey chutou por cima. Aos 17, mais um lance inspirado dos americanos. De pé em pé, a bola chegou a Dempsey na entrada da área e o meia bateu rasteiro, à direita de Buffon.

Os EUA dominavam o jogo, mas viram a Azzurra abrir o placar aos 21 minutos, com Gilardino. Após falta em Totti pela direita, Pirlo cobrou e o atacante do Milan fez de peixinho.

O empate americano não demorou a sair. Cinco minutos depois, Convey bateu uma falta para a área, Zaccardo tentou cortar e errou feio: a bola pegou na parte de trás do pé e entrou no gol de Buffon.

Em seguida, os dois times esqueceram de jogar futebol e se concentraram em fazer guerra. Aos 27, De Rossi deu uma cotovelada em McBride, que ficou com a testa sangrando. O italiano recebeu o cartão vermelho. Aos 44, os Estados Unidos perdem seu primeiro jogador: Mastreoni dá um carrinho violento em Pirlo e é expulso.

Mal começou o segundo tempo e os americanos ficaram com nove atletas em campo. O zagueiro Pope, que já tinha amarelo, deu um carrinho por trás em Gilardino e foi mais cedo para o vestiário.

A primeiro boa chance da etapa final foi dos EUA, aos 17. Donovan puxou contra-ataque pelo meio e rolou para McBride na direita. O atacante entrou na área e chutou para fora. Dois minutos depois, lance polêmico: Beasley, em posição legal, faz o gol de dentro da área, mas o árbitro marcou impedimento de McBride, que estava na frente de Buffon e abriu a perna para a bola passar.

Após a metade do segundo tempo, Keller garantiu o empate dos EUA. Aos 27, fez linda defesa em toque sutil de Del Piero na área. Sete minutos depois, pegou uma bomba do atacante. No final do jogo, a Azzurra aumentou a pressão, mas mesmo com um a menos os americanos seguraram o empate.

ITÁLIA 1 X 1 ESTADOS UNIDOS

Local: Fritz-Walter Stadion, Kaiserslautern (Alemanha)Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai)Auxiliares: Walter Rial e Pablo Fandino (Uruguai)

Cartões amarelos: Totti, Zambrotta (Itália)Cartão vermelho: De Rossi (Itália), Mastroeni, Pope (Estados Unidos)Gols: Gilardino, aos 21 do primeiro tempo; Zaccardo, contra, aos 26 do primeiro tempo.

ITÁLIAGianluigi Buffon; Cristian Zaccardo (Alessandro Del Piero), Alessandro Nesta, Fabio Cannavaro, Gianluca Zambrotta; Daniele De Rossi, Andrea Pirlo, Simone Perrotta; Francesco Totti (Gennaro Gattuso); Luca Toni (Vincenzo Iaquinta), Alberto Gilardino.Técnico: Marcello Lippi

ESTADOS UNIDOSKasey Keller; Steve Cherundolo, Oguchi Onyewu, Eddie Pope, Carlos Bocanegra; Clint Dempsey (DaMarcus Beasley), Pablo Mastroeni, Claudio Reyna, Bobby Convey (Jimmy Conrad); Landon Donovan, Brian McBride.Técnico: Bruce Arena

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]