Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Atualizado em 17/06/2006, às 12h08

Após 40 anos, a seleção de Portugal conseguiu se classificar na primeira fase de uma Copa do Mundo, ao derrotar o Irã por 2 a 0, nesta sábado, no Waldstadion, em Frankfurt. Deco foi o autor do primeiro gol da vitória. De pênalti Cristiano Ronaldo fechou o placar, aos 34 do segundo tempo, completando 16 partidas da equipe sem derrotas, no período de um ano e dois meses. É a sexta seleção a avançar para a próxima fase. Alemanha, Equador, Inglaterra, Argentina e Holanda também já estão classificadas.

O técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari ampliou para nove jogos o recorde de técnico com mais vitórias seguidas em Mundiais, contando as sete do Brasil em 2002. Portugal chega aos seis pontos e só vai decidir se fica em primeiro ou segundo do Grupo D, quando enfrentar o México, na próxima quarta, dia 21. No mesmo dia, o Irã, já eliminado, enfrenta a Angola, que ainda tem chance de ficar com a outra vaga.

Belo chute de Deco

A equipe portuguesa não conseguiu transformar as chances em gol no primeiro tempo. Aos 5 minutos, Maniche arriscou de fora da área, mas mandou por cima do gol. Aos 12, o brasileiro naturalizado português Deco quase abriu o placar ao receber um passe de Figo na esquerda e bater forte. Mirzapour defendeu. Ricardo Carvalho quase marca aos 28, após cabecear rente à trave um escanteio cobrado por Figo.

Cristiano Ronaldo teve duas boas chances de marcar. Aos 32, de ombro, mas Kaabi salvou em cima da linha. Aos 34, gingou diante do zagueiro e chutou de canhota, rente à trave. Logo depois, o meia Figo escapou de sofrer uma contusão um pouco mais séria. O zagueiro Kaabi entrou com o pé na altura do rosto do jogador, que foi atingido de raspão pela trava da chuteira. O árbitro francês Eric Poulat nem deu amarelo. Aos 44, foi a vez de Miguel, em jogada pela direita, bater sem ângulo para a defesa do goleiro.

Após o intervalo, Deco acertou Nosrati com o pé no ombro em um lance semelhante ao do primeiro tempo. Desta vez, o brasileiro levou amarelo. Aos 10, Cristiano Ronaldo recebe pela esquerda, dribla um zagueiro e bate para a defesa do goleiro. Mas aos 17, Figo fez ótima jogada pela esquerda e rolou para Deco chutar bonito, de três dedos, no canto direito de Mirzapour, fazendo 1 a 0.

O Irã ameaçou duas vezes. Aos 23, Khatibi recebeu bom lançamento ne esquerda e quase empatou ao chutar cruzado rente à trave. E aos 31, Hashemian cabeceou para a defesa segura de Ricardo. Mas logo depois, Figo sofreu pênalti de Golmohammadi, no bico da área. Aos 34, Cristiano Ronaldo bateu com categoria e garantiu a seleção portuguesa nas oitavas. No finalzinho, Pauleta ainda perdeu um gol feito, chutando fraco para a defesa de Mirzapour.

PORTUGAL 2 x 0 IRÃ

Local: Waldstadion, em FrankfurtÁrbitro: Eric Poulat (França)Auxiliares: Lionel Dagorne (França) e Vincent Texier (França)Cartões amarelos: Pauleta, Deco e Costinha (Portugal); Nekounam, Madanchi, Kaabi e Golmohammadi (Irã)Gols: Deco, aos 17, e Cristiano Ronaldo (de pênalti), aos 34 minutos do segundo tempo

PORTUGALRicardo, Miguel, Fernando Meira, Ricardo Carvalho e Nuno Valente; Costinha, Maniche (Petit), Deco (Tiago Mendes) e Figo (Simão); Cristiano Ronaldo e PauletaTécnico: Luiz Felipe Scolari

IRÃMirzapour; Rezaei, Golmohammadi, Kaabi e Nosrati; Nekounam, Teymourian, Karimi (Zandi) e Mahdavikia; Hashemian e Madanchi (Khatibi)Técnico: Branko Ivankovic

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]