i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estatal

Do Magalu à FedEx: quem são e por que há tantos interessados em comprar os Correios

  • Brasília
  • 23/09/2020 11:41
Movimento em um Centro de Tratamento de Encomendas dos Correios.
Movimento em um Centro de Tratamento de Encomendas dos Correios.| Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Apesar de enfrentar sucessivas greves e ter problemas de gestão, o futuro processo de privatização dos Correios não dará vazio, ao contrário. Segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN), há cinco grandes empresas interessadas em comprar a estatal, entre elas a brasileira Magazine Luiza (Magalu), a alemã DHL e as americanas Amazon e FedEx. A quinta – não mencionada pelo ministro – seria outra americana, a UPS, que já teria manifestado interesse no início do ano.

As interessadas até aqui na estatal brasileira se dividem em dois grupos: grandes operadores logísticos e grandes varejistas. A UPS é uma das maiores empresas de logística do mundo. Fundada nos Estados Unidos, tem mais de cem anos e está presente em mais de 220 países, com 495 mil funcionários. No Brasil, atua desde importação e exportação a envio de documentos, amostras e remessas.

Outra empresa americana na lista e dentro do grupo de operadores logísticos é a FedEx (Federal Express Corporation). Maior empresa de transporte expresso do mundo, tem quase cinquenta anos de mercado, frota de mais de 600 aviões e mais de 75 mil veículos. São 280 mil funcionários atuando em mais de 220 países, incluindo o Brasil. Por aqui, está há 30 anos, fornecendo serviços de logística e transporte para mais de 5 mil municípios.

A terceira operadora logística interessada na compra dos Correios é a DHL, que pertence ao grupo alemão Deutsche Post DHL. Considerada a principal empresa de logística do mundo, a companhia foi fundada em 1969 pelos americanos Adrian Dalsey, Larry Hillblom e Robert Lynn. De lá para cá, seus serviços também chegaram a mais de 220 países do mundo. São 380 mil funcionários e 1,588 bilhão de encomendas entregues por ano. No Brasil está há 42 anos, com soluções de armazenagem, transporte e distribuição.

Magalu e Amazon integram os grupos das grandes varejistas interessadas nos Correios. A Amazon é a gigante americana do e-commerce, fundada por Jeff Bezos em 1994. Está entre as cinco maiores empresas de tecnologia do mundo. Entrou no Brasil vendendo apenas livros digitais e seu leitor de e-books, o Kindle, e agora já conta com um marketplace com 30 milhões de produtos em mais de 30 categorias e cinco centros de distribuição para dar conta das entregas.

A única companhia brasileira na lista é o Maganize Luiza, que adotou o apelido "Magalu". Criada na década de 1970, no interior de São Paulo, como uma pequena loja de bens duráveis voltada para a classe média, a empresa se tornou uma das maiores varejistas do Brasil, virando referência em tecnologia e logística para o varejo no país. Tem 17 centros de distribuição, mais de 1.150 lojas distribuídas em 18 estados e um marketplace com 32 mil vendedores diferentes.

Por que os Correios são tão atraentes

A capilaridade da estatal é o seu principal atrativo, afirmam consultores ouvidos pela Gazeta do Povo. Os Correios estão presentes em 5.556 municípios brasileiros, o que corresponde a 99,75% do total. Eles entregam, diariamente, mais de 21,7 milhões de objetos postais, sendo 18,5 milhões de cartas, 1,3 milhão de encomendas e 1,9 milhão de outros objetos.

Eram 99,5 mil funcionários ao fim de 2019, dos quais 53,5 mil carteiros. A estatal tem uma frota de 23,4 mil veículos próprios, 10 linhas aéreas e capacidade de tratar 26 milhões de objetos por dia em suas mais de 40 unidades de tratamento. Tem ainda 11,1 mil agências espalhadas pelo país.

“Os Correios são um dos poucos que chegam em qualquer parte do país: do interior do Nordeste até a cidadezinha no interior de Roraima”, diz Ana Paula Tozzi, CEO da AGR Consultores. Ela conta que os Correios são a única alternativa de entrega a um preço justo a lugares distantes, sendo utilizados inclusive por grandes varejistas, como Magalu e B2W (Americanas.com, Submarino e Shoptime).

“Grandes e-commerces têm uma doca, um espaço físico dos Correios dentro dos seus centros de distribuição para que os Correios façam a entrega nesses lugares distantes, tamanha a expertise dos Correios em logística”, completa. “Somente os Correios conseguem oferecer um equilíbrio de preço. Isso quer dizer entregar por um preço justo desde lugares viáveis, como grandes centros urbanos, a até alguns quilômetros da capital de Roraima”, conclui.

Marco Quintarelli, consultor em varejo, acrescenta que, mesmo instalados no país há anos, os operadores logísticos DHL, UPS e FedEx estão de olho nesse conhecimento logístico que os Correios têm, conseguindo atender um país com dimensões continentais em pouco tempo e a preço baixo.

As varejistas, por sua vez, querem comprar os Correios porque ainda estão estruturando suas operações logísticas, hoje muito mais restritas aos grandes centros.

“Cada vez mais essas empresas de venda on-line estão procurando estrutura de logística que possa atender e entregar rápido em todo o país. Durante a pandemia, isso ficou ainda mais claro. Teve empresas que atrasaram a entrega porque dependiam dos Correios [que ficaram em greve e com o serviço limitado]. Elas viram que faz cada vez mais sentido esse investimento da logística de entrega para poder atender o cliente primeiro”, diz Cantarelli.

O consultor defende, porém, que a privatização dos Correios seja feita com cuidado, para que o consumidor não seja prejudicado com uma empresa privada comprando a estatal e depois cobrando mais caro para regiões distantes.

“O grande desafio do governo nessa privatização vai ser o controle de preço. Imagina mandar daqui [Rio de Janeiro] para o Amazonas. Se não houver acompanhamento de preço, quem comprar os Correios vai colocar o preço lá em cima. O governo vai ter que atuar para prevenir isso.”

O governo prepara um projeto de lei para quebrar o monopólio dos Correios no setor postal. Esse mesmo projeto – que acaba de chegar à Casa Civil da Presidência, última etapa antes do envio ao Congresso – também vai propor um marco legal, contendo as regras de como funcionará o setor após o fim do monopólio público.

Segundo informações preliminares do governo, a nova legislação vai permitir, via concessão pública, a prestação do serviço postal por agentes privados, desde que respeitadas normas de universalidade e outras regras. A decisão final caberá ao Congresso, que vai apreciar o projeto.

Os detalhes da venda dos Correios, porém, ainda não são conhecidos. Não se sabe se a estatal será vendida por partes, por inteiro ou se serão feitas parcerias público-privadas. Um consórcio liderado pela consultoria Accenture foi contratado pelo BNDES para estudar a formatação da privatização. As propostas serão entregues ao governo em novembro, que pode acatar as sugestões ou não. A promessa é privatizar a estatal até 2022.

Os consultores consultados pela Gazeta do Povo elogiaram o modelo alemão de privatização do setor postal. Primeiro, a Alemanha vendeu o controle acionário do Deutsche Bundespost. Quase uma década depois, foi quebrado o monopólio do serviço, abrindo o mercado para players privados. Ainda assim, o governo manteve participação minoritária na companhia.

39 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 39 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    Jose Pereira Botelho

    ± 0 minutos

    Está demorando a privatizar. Não só o correio como outras estatais que são cabide de empregos. Temos de liberar para empresas particulares ,pois ,as empresas aereas tem este tipo de serviços, logo ,deveríamos abrir o mercado para todos que quiserem.Com certeza os preços cairão e os serviços serão bem melhores.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gustavo

    ± 5 dias

    "preço justo" é a expressão lida em vários pontos do texto, mostrando que o repórter sabe pouco de economia ou livre mercado. Outra ignorância é sobre a necessidade do governo regulamentar e controlar preço para que não"pese" no interior. Claro, fazendo tudo o sistema mais caro. Se é assim, por que privatizar? Se é para o governo continuar atravancando, Deixa tudo caro e ineficiente como está.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    INES MARIA COSTA

    ± 5 dias

    Que deus abençoe que privatizem esse correio. Tem quase 4 anos que eles não fazem entrega na minha porta, alegando falta de segurança. Daí temos que ir a agência, enfrentar fila e mal humor dos empregados públicos. Espero que seja a UPS ou DHL.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rodrigo Spode

    ± 5 dias

    Duvido que tu ainda mande carta.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 5 dias

    Não sendo a Magalu que compre, por mim pode privatizar está jossa!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Poppys

    ± 5 dias

    Privativa essa bagaça!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maria Fatima de Moura

    ± 6 dias

    Tem que haver licitação, por lotes (regiões) para que realmente haja concorrência e as empresas não apliquem preços extorsivos como acontece nos Correios. É absurdo o tempo o prazo de entrega, p.ex., do Brasil para a Oceania e o preço abusivo. Há três anos precisei enviar documentos para a Austrália. O prazo mínimo de entrega era de 22 dias úteis e o preço de um rim por um envelope de poucos gramas. Os Correios não conhecem o transporte aéreo?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    salcutrim

    ± 6 dias

    OS correios eram bons Chegou a ser o segundo melhor do mundo, perdendo apenas para os EUA. Depois da administraçao petista, nada mais funcionou, pois eles aparelharam a CIA e roubaram tudo. Colocaram nela os seus "cumpanheiros" para administrar e levaram-na ao fundo do poço. A unica alternativa é privatizar....ou pelo menos quebrar seu monopolio. Espero mesmo que o governo consiga fazer as duas coisas, e uma terceira coisa, que o PT jamais volte a governar nosso pais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos

    ± 6 dias

    Tem de privatizar mesmo. Moro no Paraná, a 250km de Curitiba. Paguei 25 reais para mandar 5 cds numa caixinha para Curitiba. O Sedex estava 27 reais. Será q a privatização pode piorar? Temos de pagar pra ver. Do jeito q está, não pode ficar. Serviço muito caro, fora do razoável. Ainda que cobrassem 15 reais, ainda é caro. Sou a favor da privatização.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Curitibano

    ± 6 dias

    Desde que não privatizem com dinheiro do contribuinte, via BNDES, como é de praxe neste capitalismo de compadrio. A própria Magalu já entra com suspeição neste processo devido aos antecedentes com a quadrilha do PT.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Thinker

    ± 6 dias

    Se privatizar os correios tem que construir antes o Marco Legal, que são as leis e normativas que asseguram que os serviços serão bem executados e não haverá cobrança abusiva de preços ao cidadão. Se não, vai virar como o Pedágio no Paraná, rodovias defasadas e preços altos. Ou como a Sanepar, lucra 1,2 bilhão por ano e prefere distribuir lucros aos acionistas e não investe em reservatórios, deixando a população de torneira seca.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RICARDO LEITE DOS SANTOS

    ± 6 dias

    Por que não melhorar a gestão e manter como algo estatal? Por que não "privatizar", a Administração, tudo que é público se tivesse uma administração séria, seria muito melhor. Hospitais, escolas, segurança, etc.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • P

      Paulo Santos

      ± 6 dias

      Infelizmente em TUDO que é público a roubalheira impera. As Estatais tiveram uma diferença de 100 Bilhões positivos entre o último ano do PT (Temer) e o primeiro de Bolsonaro. Estatal é sinônimo de meter a mão. Os Correios, por exemplo, conseguem a façanha de dar prejuízo. Inacreditável.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Z

    Zyss

    ± 6 dias

    Os correios deveriam ser divididos por lotes. Cada lote é um estado e ir pra licitação.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    E.NETO

    ± 6 dias

    Privatizar sim, urgentemente, mas não permitir o monopólio! Vai que empresa racista compre tudo!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Ricardo Amaral

    ± 6 dias

    Quase off-topic, pero no mucho: estou eu lendo a matéria de um birô de informações econômicas sobre o assunto e eles contrapuseram um diretor do sindicato nacional dos funcionários e um "especialista em economia" que se o cidadão é especialista mesmo, sou PHD. Mas me concentro nas falas do pelego. Primeiro, disse que o Correio não dá prejuízo, e "é mentira que se socorra no Tesouro".Depois diz que a saída para a empresa" é um novo olhar, com mais investimento do Estado".Hein ? Esse povo acha que dinheiro se cria no éter ?!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    4 Respostas
    • R

      Ricardo Amaral

      ± 5 dias

      Luigi Tenco: muito boa !!...e acho que é o caso. Se não for éter, é correspondência mofada...sabe aquela comunicação do banco que nunca chegou na sua casa ? Pois é...mofou e ele andam cheirando.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • F

      FB

      ± 6 dias

      Os defensores dos Correios conseguem se contradizer na mesma frase. É de chorar. É aquele tipo de ato falho que traí a própria narrativa. Se eles dependerem de gente assim para defender eles, estão ferrados.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • L

      Luigi Tenco

      ± 6 dias

      Ou estão cheirando o éter.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • L

      Luigi Tenco

      ± 6 dias

      Ou estão CHEIRANDO

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Ricardo Amaral

    ± 6 dias

    Tirem essa estrovenga da minha vida, pelo amor de Deus ! Os funcionários das agências próprias parecem aquelas preguiças do Departamento de Trânsito do Zootopia. Eu moro a uma quadra da agência e todo dia sofro olhando da minha janela o "cuidado" que os funcionários tem com as encomendas (e presente que enviei chegou quebrado no destino). Não querem privatizar, ao menos quebrem o monopólio postal e exponham esse povo à concorrência...garanto que a empresa morre de inanição.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    6 Respostas
    • ± 3 dias

      Sim, o rombo no Postalis é que poderá levar os Correios à morte por inanição, considerando os números publicados nos demonstrativos do fundo de pensão: dos 15 bilhões que deveriam estar em seu caixa, restaram inacreditáveis 2,8 bilhões! Ou seja, se os Correios não forem privatizados, o Estado brasileiro, através do caixa da empresa, patrocinador do Postalis, terá que cobrir metade do valor (6,1 bilhões), cabendo a outra metade aos empregados... pobre ECT e seus funcionários, que por causa da irresponsabilidade e corrupção política agora terão de ser sacrificados... todos perderemos, certamente!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Ricardo Amaral

      ± 4 dias

      Respeito sua colocação, mas mantenho meu ponto: mesmo que o monopólio postal seja ínfimo no faturamento da estatal, ainda é um monopólio. Meu ponto é a empresa ser exposta 100% a concorrência. E ainda mantenho o que disse sobre morrer de inanição, pois afinal, pra onde vai a vantagem competitiva nas encomendas ? Ah sim:vai pra ajudar a pagar o rombo no Postalis, com a qual os funcionários tbm arcam. E pra ela se manter relevante, precisaria de investimento estatal...habemus dinheiro pra isso ?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • ± 4 dias

      Reafirmo que disse besteira, senão vejamos: 60% encomendas, 5% logística e 10% bancário (=banco postal)... total: 75% de faturamento em segmentos de livre concorrência. Dados divulgados pela própria empresa. Ou seja, os Correios não morreriam de inanição na hipótese de perderem o segmento postal, que não representa mais que 25% do seu faturamento. Isto sem falar que obviamente uma boa parte desses 25% permaneceria com os Correios, dada a sua presença nacional (capilaridade) e expertise em um segmento típico de seu negócio. Que fique claro: sou a favor da quebra do monopólio postal. Em tempo, não sou assinante deste jornal, apenas me cadastrei para poder ler 5 matérias no mês.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Ricardo Amaral

      ± 5 dias

      O sujeito sabe que fala besteira e nem tem coragem pra se identificar, e ainda gasta dinheiro pois pelo visto assina o jornal, pra passar vergonha.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Ricardo Amaral

      ± 5 dias

      Quem falou besteira foi você,que não leu direito o que escrevi e louco pra responder usou o fígado. Eu disse pra quebrarem o monopólio POSTAL, ou seja, da entrega de correspondência, que é sim, monopólio da estatal. Sei que ela já está submetida a concorrência na entrega de encomendas, mas as cartas e aqueles boletos que chegam na sua casa ainda é com eles. Fazendo assim, não detendo monopólio nenhum a empresa estaria totalmente exposta a concorrência, gênio! Tome aí um hepatoprotetor e se acalme pra ler antes de dar resposta desse tipo, sapiência !

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • ± 5 dias

      Disse besteira. O segmento de encomendas, que responde por quase 60% do faturamento dos Correios, nunca foi monopólio!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    APJr

    ± 6 dias

    Como toda estatal, a ECT é sinônimo de péssima administração, prejuízos recorrentes e greve todo dia. Na mão da iniciativa privada, garanto que ligeirinho ligeirinho entra nos eixos, passa a prestar um bom serviço e num instante se torna lucrativa. Estatal só é bom mesmo pros políticos (que vivem metendo a mão no jarro) e pros funcionários; pro povão não passam de um péssimo serviço e de prejuízos constantes ...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo Roberto Fernandes

    ± 6 dias

    Interessante vai ser quando eu tiver que mandar a carta simples de Curitiba para Aracaju que hoje custa R$ 1,30 e chega entre 4/5 dias, ter que começar a pagar, sei lá, uns R$ 15,00 (teremos um monopólio privado) ou quem sabe até a inexistência do serviço. Esperar para ver. Como a própria reportagem ilustra, os operadores privados utilizam o Correios, devido ao valor baixo, capilaridade e excelência no serviço.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • B

      Bruno Carneiro

      ± 6 dias

      Certamente o Correio cobra os tais 1,50 baseado no fato de que, se houver prejuizo, o Estado irá cobrir o furo, não? Será que os preços praticados pelos Correios atualmente são condizentes com a realidade do mercado?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • L

      Luigi Tenco

      ± 6 dias

      A mesma suposição que havia quando permitiram a franquia da ECT e, no entanto, nada disso aconteceu. Ninguém vai cobrar 15 reais por carta comum. Quando da privatização da telefonia, diziam a mesma coisa e, ao contrário, a telefonia celular está cada vez melhor e mais barata.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MICHAEL GUSTAV ADOLF MULL

    ± 6 dias

    Os Correios podem ter capilaridade , que de nada adianta se a intelig|ência da logística não ajuda. Exemplo: Moro em Barra Velha , a 48 km de Joinville. Quando compro algo no Mercado Livre e é de Joinville , on inteligentes dos Correios madam a Florianópolis , para daí ir a Penha , para depois ir a Barra Velha.Isto leva uns 10-13 dias Já da Amazon , o produto chega em 3 dias. E , na iniciativa privaa , difícilmente tem greve. Eu recebo minha correspondência na avenida pricipal de Barra Velha , em pleno Centro ,1 vez a cada 2 ou 3 semanas. Privatização já vem tarde.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • E

      Eduardo Figueiredo Mercado

      ± 6 dias

      Eles os vermelhos que acabaram com uma das empresas mais bem avaliadas pela população, hoje o CORREIOS decepciona, filas imensas, entraves logísticos, uma pena acabar com a única empresa estatal que dava certo, dava lucro e funcionava bem! Lamentável, mas sou a favor de privatizações, aumenta a concorrência e o livre comércio.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luigi Tenco

    ± 6 dias

    Engraçado! Até agora não apareceu um dinossauro vermelho pra lamentar que o "nosso patrimônio vai ser entregue a preço de banana pros ianques", kkkkkkk

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos Ctba

    ± 6 dias

    TORCER PARA A MALGALU NÃO SE META COM ISSO, POIS QDO ERA AMIGUINHA DA DILMANTA COISA BOA NÃO SAIU PELO MESMO PARA O BRASIL

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Ernesto

    ± 6 dias

    Os correios a anos nos vem apresentando um serviço digno à população, acredito que a implantação de concorrentes abrindo a disputa seria um caminho, faz defendo que precisa mudar e urgente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luigi Tenco

    ± 6 dias

    Já estou vendo nova greve dos Correios e wuebra-quebra! Mas tudo vai dar certo, e a ECT VAI SER PRIVATIZADA!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]