i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Recuperação

Depois de turbulência, bolsas sobem nos EUA

Índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,7%. Ações do setor financeiro compensaram parte das perdas

  • PorReuters/G1/Globo.com
  • 30/07/2007 15:59

As bolsas de valores dos Estados Unidos se recuperaram parcialmente nesta segunda-feira após a forte queda da semana passada, com a volta do otimismo com os lucros e uma trégua das preocupações com o ambiente de crédito.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,7%, para 13.358 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,82%, para 2.583 pontos. O índice S&P 500 teve valorização de 1,03%, para 1.473 pontos.

As ações do setor financeiro, que sofreram o maior impacto da contaminação dos problemas no mercado de crédito, compensaram parte das perdas depois que a agência de classificação de risco Standard &Poor's elevou a nota da dívida do Morgan Stanley .

A confiança também aumentou depois que um fundo de hedge excessivamente exposto às perdas no setor de crédito imobiliário de risco deixou ileso esse mercado e com a diminuição do prejuízo da unidade de crédito residencial do GMAC.

Futuro

De modo geral, analistas esperam agora um segundo trimestre mais forte do que esperavam há uma semana. A expectativa de crescimento para os lucros das empresas listadas no S&P 500 no período é de 6,8% na comparação anual, ante expansão de 6% registrada na semana anterior.

"Talvez as pessoas tenham tido algum tempo para refletir no final de semana, respiraram fundo e viram que os lucros no segundo trimestre têm sido bons - estamos batendo com tranquilidade as expectativas mais moderadas", disse Doug Peta, estrategista de mercado da J&W Seligman, em Nova York.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.