i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Combustíveis

Donos de postos reclamam de lista de descredenciados da ANP

  • PorMariana Londres - Gazeta do Povo
  • 26/07/2006 07:16

O empresário Luiz Carlos Boscardin, que trabalha há mais de dez anos com a venda de combustíveis em Curitiba, ficou surpreso ao ver o nome de um de seus antigos postos na lista divulgada na semana passada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que revogou a autorização de revenda de combustíveis de 229 revendedores no Paraná. Para Boscardin, a atitude da ANP é incoerente. "Pedi o descredenciamento da ANP em 2004 e não tenho pendências nas Receitas estadual e federal. Posso inclusive apresentar uma certidão negativa que comprova a situação", explica. O problema, para o empresário, é que a ANP coloca postos como o seu, que pediu o descredenciamento, ao lado de outros que efetivamente funcionam na irregularidade, o que pode mais confundir do que ajudar o consumidor.

O Auto Posto Portal das Mercês, que tem como endereço rua Jacarezinho, 1.511, foi vendido em 2004 por Boscardin para Américo de Toledo. Na época, Boscardin pediu o descredenciamento junto à ANP para que o novo dono pudesse reabrir o posto, que funciona no mesmo local, mas tem outra razão social e outro endereço, já que fica em uma esquina. "A ANP não credenciaria o novo posto sem dar baixa no antigo", diz. A razão social Auto Posto Portal das Mercês ainda pertence a Boscardin. A empresa, no entanto, não vende mais combustível.

Boscardin lembra que a lista pode ainda trazer problemas para os novos donos, que tem a situação regular e trabalham no mesmo local. De fato, conforme apurou a reportagem, 28 dos 229 postos que constam na lista da ANP estão em funcionamento no estado. Além de Boscardin, outros dois proprietários procuraram a Gazeta do Povo para esclarecer que desconhecem pendências junto à ANP ou à Receita Estadual.

Questionada sobre o assunto, a assessoria de imprensa da ANP informou que não vai discutir casos isolados pelos jornais.

A ANP informou ainda que os critérios para o descredenciamento dos postos foram: cadastro vencido na ANP ou na Receita Estadual, por falta de alvará ou de licença ambiental, e processos de sonegação fiscal junto à Receita Estadual, por não recolherem ICMS.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.