Para celebrar a Semana do Investimento Social Privado, a Rede dos Investidores Sociais de Curitiba (RIS) liberou nesta quarta-feira (30) uma carta aberta para destacar a importância da participação do setor privado no financiamento de causas sociais e ambientais. De acordo com os autores do documento, o objetivo é fazer uma provocação para atuais e futuros investidores para que eles reconheçam “o papel da sociedade civil e seu potencial de contribuição” nessas causas.

Assinada por fundações, institutos e empresas, a carta afirma que R$ 3 bilhões em 2015 foram destinados a investimentos sociais em mais de 350 mil organizações em todo o país, o que coloca o Brasil entre os 10 maiores doadores do mundo. No entanto, o texto destaca que essa boa posição se dá sobretudo por causa do tamanho de nossa economia e que, em números relativos, o país cai para a 90ª colocação. “Ainda é muito pouco em uma economia que movimenta R$ 5,9 trilhões”, diz a carta.

Para levantar o debate e mudar um pouco desse cenário, a RIS convida os interessados no assunto para um encontro para debater é possível manter e potencializar esses investimentos. A reunião acontecerá às 9h do próximo dia 14 de abril no Grupo Educacional Opet na Rua Nilo Peçanha, 1635 e as inscrições podem ser feitas pelo site da rede.

A carta pode ser lida na íntegra neste link.

Assinaram a carta:

  • Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza
  • Instituto Grupo Boticário
  • Fundación Avina
  • Grupo Noster
  • Instituto Barigui
  • Instituto Bourbon
  • Instituto GRPCOM
  • Instituto IBGPEX
  • Instituto Joel Malucelli
  • Instituto Joanir Zonta
  • Instituto Legado
  • Instituto Opet
  • Instituto Positivo
  • Instituto RIC
  • Instituto Robert Bosch
  • Instituto Triunfo
  • Ouro Verde locação e Serviços
  • Rede Marista de Solidariedade do Grupo Marista
  • Rumo ALL
  • Volvo
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]