i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Edemar

Ex-dono do Banco Santos passa noite numa pequena cela da PF

  • PorO Globo/Globo Online
  • 27/05/2006 11:14

O ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira, fundador do Banco Santos, falido e liquidado pelo Banco Central com uma dívida superior a R$ 2,2 bilhões, passou a noite numa pequena cela de 6 metros quadrados na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo. O pedido de prisão preventiva foi feito pelo Ministério Público Federal e acatado pelo juiz da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, Fausto Martin de Sanctis, responsável pelo processo em que o ex-banqueiro é acusado de gestão fraudulenta e crimes financeiros que teriam levado à quebra do Banco Santos.

Edemar, que já presidiu a Bienal de São Paulo, pode ser transferido para uma cadeia comum na segunda-feira. Até lá, seu advogado Arnaldo Malheiros, tentará obter habeas-corpus para colocar o cliente em liberdade. Para passar a noite fria numa pequena cela da PF, o ex-banqueiro recebeu ontem por volta da meia-noite uma sacola com um cobertor e um edredon.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.