i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Aviação

Fiscalização do tamanho da bagagem de mão começa quarta em aeroportos

    • São Paulo
    • Folhapress
    • 09/04/2019 20:41
    Bagagens
    Presidente Jair Bolsonaro afirma que vai sancionar gratuidade do despacho de bagagens (Foto: Pixabay)| Foto:

    A partir desta quarta-feira (10), passageiros de voos nacionais terão o tamanho da bagagem de mão checado antes de entrar na área de embarque.

    A medida, implementada pela Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), será adotada em 15 aeroportos, em etapas. Os terminais Juscelino Kubitscheck (Brasília), Afonso Pena (Curitiba), Viracopos (Campinas) e Aluízio Alves (Natal) serão os primeiros a contar com a fiscalização.

    A ação tem o objetivo de evitar que volumes com tamanho inadequado sejam embarcados como bagagem de mão, aquela que vai junto com o passageiro..

    Para a nova fiscalização, a Abear adotou um tamanho padrão para esse tipo de bagagem, o mesmo usado pela Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo), que é de 55 cm de altura por 35 cm de largura e 25 cm de profundidade.

    As quatro companhias aéreas brasileiras (Latam, Avianca, Azul e Gol) já adotaram essas medidas para suas bagagens de bordo, mas nem sempre foi assim. A Gol, por exemplo, antes pedia que as malas tivessem no máximo 40 cm de comprimento por 25 cm de largura e 55 cm de altura.

    A associação contratou uma empresa terceirizada, que vai se posicionar antes da área restrita dos aeroportos - onde, para entrar, o passageiro precisa mostrar seu bilhete de voo -, e funcionários farão uma avaliação visual do tamanho das bagagens de mão.

    As malas que parecerem estar fora do padrão serão testadas em uma fôrma com as medidas adotadas pela Iata. O passageiro que tiver uma mala com tamanho maior do que o permitido será redirecionado ao balcão de check0in de sua companhia, onde terá que pagar pelo despacho do volume.

    A cobrança vai acontecer após duas semanas do início da fiscalização, segundo a associação. Antes disso, os passageiros serão apenas orientados sobre o tamanho de suas malas de bordo.

    Nos quatro primeiros aeroportos, o período de orientação ao passageiros termina no dia 24.

    A segunda leva de terminais, que começará a receber as equipes de fiscalização no dia 17, será composta por Confins (Belo Horizonte), Pinto Martins (Fortaleza), Guararapes-Gilberto Freyre (Recife), Luís Eduardo Magalhães (Salvador) e Val de Cans (Belém). O período de orientação vai até 1º de maio.

    Os últimos aeroportos a aplicarem a fiscalização, a partir de dia 24 de abril, serão os de Santa Genoveva (Goiânia), Salgado Filho (Porto Alegre), Congonhas (São Paulo), Guarulhos, Galeão e Santos Dumont (Rio de Janeiro). A orientação aos passageiros vai até o dia 12 de maio.

    Bagagem padronizada

    Fabricantes de mala veem de forma positiva a padronização. "Cada companhia aérea ter sua própria regra confunde o consumidor", disse, em nota, a Victorinox.

    A Le Postiche afirma que vai disponibilizar em suas lojas uma fôrma com as medidas oficiais. A companhia também diz que entrará em contato com fornecedores para que eles produzam novos produtos, no tamanho adequado.

    Procuradas, Azul, Avianca, Latam e Gol informaram que apenas a Abear responde pela medida. Segundo a associação, o custo de operação da empresa terceirizada será rateado entre as companhias associadas.

    QUANTO CADA COMPANHIA COBRA PELO DESPACHO DE MALA

    Caso seja necessário despachar a bagagem de mão que estiver fora do padrão, o serviço será cobrado. Veja quanto ele custa nos voos nacionais.

    • Azul e Gol: Se comprado pelo site da companhia, o despacho custa R$ 60. Já se a compra for feita no aeroporto, sai por R$ 120.
    • Avianca: Se comprada com mais de seis horas de antecedência do voo, o despacho sai por R$ 60 por mala. Já se a compra for feita depois disso, custa R$ 120.
    • Latam: Até três horas antes do voo, o despacho custa R$ 59. Após esse período, sai por R$ 120.
    2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 2 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

    • C

      CARLOS FELIX

      ± 22 horas

      Talvez assim, as madames e os que gostam de levar vantagens, aprendam, passando vergonha e pagando pela esperteza. Aqui, só se de fato houver fiscal e caixa para cobrar, respeitam as regras.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • P

        Paulo portella

        ± 1 dias

        A verdade é que até o momento ninguém viu os descontos prometidos pelas cias. Aéreas desde que os despachos de bagagens começaram a ser taxados.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.