O fluxo cambial, entrada e saída de moeda estrangeira no país, voltou a ficar no azul na semana passada. De acordo com o Banco Central (BC), entre os dias 1.º e 19, o saldo ficou positivo em US$ 750 milhões, depois de fechar as duas primeiras semanas de novembro com déficit de US$ 14 milhões. A recuperação veio tanto da conta comercial quanto da financeira.

Nesta última, que engloba os investimentos estrangeiros diretos (IED) e em portfólio, entre outros, o saldo está positivo em US$ 305 milhões no mês, com compras de US$ 16,437 bilhões e vendas de US$ 16,132 bilhões. Até uma semana antes, a conta registrava saídas líquidas de US$ 562 milhões.

A conta comercial registrava superávit de US$ 445 mi­­lhões até o dia 19, com exportações de US$ 10,936 bilhões e importações de US$ 10,491 bi­­lhões. A posição vendida dos bancos – que representa a aposta em valorização cambial – estava em US$ 13,529 bi­­lhões. Em outubro, estava em US$ 12,485 bilhões.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]