Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou nesta sexta-feira que há um risco elevado de que as economias avançadas retornem à recessão, a não ser que as autoridades atuem com urgência para chegar a políticas que impulsionem o crescimento.

Em nota preparada para a cúpula do G20 em Cannes, na França, mas divulgada apenas nesta sexta-feira, o FMI informou que a recuperação econômica nos países avançados continua em "marcha lenta".

"A paralisia política e a incoerência contribuíram para exacerbar a incerteza, a perda de confiança e aumentou o estresse no mercado financeiro", informou o FMI.

O fundo argumentou que as economias avançadas precisam urgentemente implementar planos fiscais de médio prazo que tenham credibilidade e apresentar mais reformas para o setor financeiro. Nas principais economias emergentes, os governos devem permitir uma valorização cambial mais rápida.

Em particular, o FMI informou que há uma "incerteza considerável" sobre como será alcançada a sustentabilidade fiscal nos Estados Unidos, no Japão e em alguns países da zona do euro.

"Para reduzir essa incerteza essas economias precisam caminhar mais rapidamente para colocar em prática planos críveis de consolidação no médio prazo, que ajudem a preservar o espaço para um suporte fiscal de curto prazo para a recuperação", acrescentou o FMI.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]