i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Negociações

FUP rejeita proposta da Petrobras e fala em paralisação

Entidade indicará aos sindicatos filiados uma paralisação de 24 horas, no próximo dia 26

  • PorAgência Estado
  • 20/09/2012 11:31

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) anunciou nesta quinta-feira (20) que indicará aos sindicatos filiados uma paralisação de 24 horas, no próximo dia 26, após rejeitar a proposta de reajuste salarial apresentada pela Petrobras nesta quarta-feira (19). Segundo nota publicada no site da entidade, "os sindicatos e a direção da FUP indicam a rejeição da proposta".

A partir desta quinta-feira serão realizadas assembleias de trabalhadores para que a indicação de rejeição da proposta e pela greve de 24 horas seja votada. Segundo a FUP, a Petrobras apresentou contraproposta de reajuste de 6,5% nos salários dos empregados ativos, "o que representa ganho real entre 0,9% e 1 2%".

Ainda segundo a nota da FUP, a Petrobras propôs pagar abono referente a uma remuneração integral ou R$ 4.000,00, o que for maior, "descontando o valor da antecipação de R$ 1.296,00 ou 12% de uma remuneração que foi paga durante a quitação da PLR 2011".

"A FUP considera a proposta da Petrobras um desrespeito aos trabalhadores, que se arriscam cotidianamente para fazer da empresa a principal locomotiva da economia do País", criticou a FUP na nota.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.