i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
combustível

Gabrielli diz que falta cana para etanol e sinaliza investimento

Afetada por problemas climáticos e pelo envelhecimento dos canaviais, a safra de cana do centro-sul do Brasil vem sendo reduzida nos últimos tempos, e a produção na temporada atual cairá, segundo as previsões do setor

  • PorReuters
  • 17/08/2011 12:36

O grande problema no setor de etanol, cujo mercado está apertado atualmente no Brasil, é a quantidade de cana disponível para produzir o biocombustível, disse nesta quarta-feira o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, que indicou que a estatal fará um anúncio de investimento no final da tarde.

"O problema é ter área plantada para produzir cana. A situação hoje é essa. Falta cana e sem cana não tem como produzir e não tem como fazer estoque", disse Gabrielli a jornalistas após participar de audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara.

Afetada por problemas climáticos e pelo envelhecimento dos canaviais, a safra de cana do centro-sul do Brasil vem sendo reduzida nos últimos tempos, e a produção na temporada atual cairá, segundo as previsões do setor.

Ele afirmou ainda que a Petrobras Biocombustível, braço da estatal para o setor de renováveis, fará um anúncio de investimento envolvendo a produtora de etanol e açúcar São Martinho, com quem a empresa já tem parceria.

"Vão anunciar alguma coisa positiva no etanol", afirmou ele, sem dar mais detalhes sobre o negócio.

As ações da São Martinho reduziram queda após a afirmação de Gabrielli. As da Petrobras operavam em baixa de 0,2 por cento, enquanto o Ibovespa operava com leve alta, por volta das 13h05.

O executivo reiterou que a estatal pretende aumentar sua participação no mercado brasileiro de etanol de 5,3 por cento para 12 por cento em 2015.

A Petrobras Biocombustível prevê investir 30 por cento do orçamento de 1,9 bilhão de dólares que dispõe para etanol --ou cerca de 570 milhões de dólares-- em aquisições no setor, afirmou o presidente da subsidiária, Miguel Rossetto, na semana passada.

E, para isso, a empresa pode investir em novas plantas próprias ou aumentar os investimentos nos parceiros com os quais a Petrobras já atua nesse mercado, como a São Martinho e a Guarani, segundo Gabrielli.

Mais investimentos em etanol são vistos como prioridade pelo governo Dilma Rousseff, na medida em que os preços do biocombustível chegaram a afetar a inflação na última entressafra.

Além disso, o governo determinou que a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) regule o setor, com o objetivo de garantir uma oferta satisfatória.

O governo está elaborando duas Medidas Provisórias para estimular tanto a formação de estoques quanto o aumento da produção de etanol.

Recentemente, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse à Reuters que as medidas em análise contemplam desonerações tributárias e financiamentos em melhores condições.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.