110745

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Economia
  3. Gazeta do Povo foi o jornal mais lido do país no mês das eleições

Audiência

Gazeta do Povo foi o jornal mais lido do país no mês das eleições

De acordo com o painel da comScore, que coleta dados do mercado, Gazeta do Povo foi o jornal com maior audiência do país no mês das eleições de 2018

  • Beatriz Pozzobon
Redação principal da Gazeta do Povo, em Curitiba | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Redação principal da Gazeta do Povo, em Curitiba Jonathan Campos/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A Gazeta do Povo foi o jornal mais lido do Brasil no mês das eleições. De acordo com dados do comScore MyMetrix, o jornal registrou 33,7 milhões de visitantes únicos em outubro de 2018, o que representa um crescimento de 228% em relação ao mesmo período do ano anterior. O segundo lugar ficou para a Folha de S. Paulo, com 33 milhões de leitores.

A diretora da unidade de jornais do GRPCom (Grupo Paranaense de Comunicação), Ana Amélia Filizola, afirma que a audiência líder conquistada pela Gazeta do Povo não foi ao acaso. “Este é o ápice de toda uma trajetória muito bem definida”, destaca. “Nos planejamos por um ano para cobrir as eleições. Os números revelam que quando se trabalha de forma estruturada é possível chegar a lugares extraordinários”, completa a diretora.

Desde que optou pelo formato digital, em junho de 2017, a Gazeta tem registrado aumento da audiência ao longo dos meses. No mês de estreia, foram 6,2 milhões de visitantes únicos, número que subiu para 7,9 milhões já no mês seguinte. Em outubro do ano passado, foram 10,2 milhões de leitores; 12,6 milhões em março de 2018; 15,5 milhões em maio; e 16 milhões no mês de setembro.

Depois de atingir esta marca histórica, o foco da Gazeta do Povo é continuar sendo um jornal atraente para os assinantes, de forma a reforçar e estabelecer relações mais constantes e duradouras com os leitores. “O momento por que passa o Brasil é muito propício para isso. As pessoas precisam, cada vez mais, de informação para assumir um maior protagonismo na sociedade”, pontua Ana Amélia.

Do total de leitores da Gazeta em outubro, 82% acessaram o jornal por dispositivos móveis. Este número revela que a estratégia “mobile first”, adotada pela empresa em maio de 2017, quando lançou o novo site, tem sido acertada. “Nossas apostas estavam certas”, comemora a diretora.

Transição digital

A Gazeta do Povo decidiu encerrar suas edições impressas diárias em 31 de maio de 2017. Dessa forma, desde o dia 1º de junho do ano passado, circula exclusivamente em plataformas digitais e também em uma edição impressa aos finais de semana.

A mudança da plataforma de distribuição veio acompanhada de uma mudança editorial. Desde então, o jornal intensificou a divulgação de notícias de interesse nacional, sem diminuir a atenção à cobertura que fez da Gazeta a maior referência paranaense em jornalismo: o jornal segue especialista em temas locais e estaduais.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>