i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
multa

Google é condenado na França por abuso de posição dominante com Google Maps

Em seu veredicto, pronunciado na terça-feira e obtido pela AFP nesta quarta-feira, o tribunal condenou o gigante americano a pagar 500 mil euros por danos à empresa francesa e 15 mil euros de multa

  • PorAFP
  • 01/02/2012 11:34

O tribunal de comércio de Paris condenou o Google e sua filial francesa por abuso de posição dominante em um processo movido pela empresa Bottin Cartographes, considerando que o serviço Google Maps distorceu a concorrência com os seus serviços gratuitos para as empresas.

Em seu veredicto, pronunciado na terça-feira e obtido pela AFP nesta quarta-feira, o tribunal condenou o gigante americano a pagar 500 mil euros por danos à empresa francesa e 15 mil euros de multa.

Os serviços do Google Maps em questão são os desenvolvidos para as empresas, que permitem a integração de mapas em seus sites, e destes últimos ao público.

"Recorreremos da decisão. Estamos convencidos de que uma ferramenta de mapeamento gratuita e de alta qualidade beneficia tanto aos internautas quanto aos proprietários de sites. A concorrência neste setor é real para nós, tanto na França como em nível internacional", segundo uma declaração de um porta-voz da Google transmitida à AFP.

Em seu veredicto, o tribunal do comércio estimou que "além de sua posição dominante, as empresas Google Inc. e Google France praticaram preços abusivamente baixos, explorando abusivamente de sua posição, e que só puderam fazer isso porque estavam em posição dominante".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.