A Holanda multou sexta-feira em 10 mil euros a companhia americana Uber por manter funcionando o aplicativo de celular que coloca em contato passageiros e motoristas não profissionais, mesmo após o dispositivo ser proibido no país em dezembro do ano passado. Esta é a primeira multa imposta diretamente à companhia. A empresa americana, que está presente em 253 cidades de 52 países de todo o mundo, enfrenta problemas na justiça na Espanha, Bélgica, Holanda e Alemanha em função dos protestos de taxistas. O setor argumenta que o dispositivo exerce uma concorrência desleal ao oferecer um serviço remunerado de transporte com motorista privado sem precisar de licença.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]