i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
chatbots

O futuro chegou: robô vende carros via bate-papo do Facebook

  • PorGetulio Xavier
  • 05/12/2016 12:45
 | /Reprodução
| Foto: /Reprodução

Desde o início de novembro já é possível comprar carros conversando com um robô pelo Messenger do Facebook. A iniciativa é da startup AutoAvaliar e realizada pela empresa de tecnologia Smarters, mas só está disponível para transações entre concessionárias e lojistas e deve chegar ao consumidor final apenas em março de 2017, de acordo com J.R. Caporal, presidente da startup.

O robô, chamado Diana Deeler, é uma espécie de consultora de compra e venda de veículos que usa inteligência artificial para ofertar, por mensagem, os veículos seminovos e usados disponíveis nas concessionárias para os lojistas. O chatbot, como é conhecido esse tipo de robô, além de vender automóveis, pode também tirar dúvidas e estabelecer pequenas conversas com os clientes. A ideia é que a conversa seja completamente automatizada, mas, se for necessário, um humano real pode intervir para resolver algum problema.

Nesse tipo de tecnologia, “conforme o tempo passa e as interações vão acontecendo, o repertório da Diana aumenta. Essa melhora ocorre constantemente, ou seja, quanto mais ela conversar, mais natural deve ficar a interação no futuro”, explica Caporal.

Essa evolução possibilita não só que as conversas se tornem mais “humanas”, mas também que o chatbot seja ampliado e chegue mais completo para o consumidor final. De acordo com Caporal, “a ideia é desenvolver o repertório desse robô para abrir o projeto também para atender esse público já em março do ano que vem”.

O avatar Diana já existia como um perfil no Facebook com dicas de veículos disponíveis para lojistas, mas, com a atualização, tornou-se uma página e o canal comercial direto da AutoAvaliar. Além das conversas, o robô agora trabalha buscando ofertas personalizadas com base nos perfis dos lojistas na internet e redes sociais.

Com as novas funções, a principal vantagem é a liberdade, tanto de horários quanto de número de conversas. “Se fosse uma pessoa controlando as conversas a Diana teria um limite. Hoje ela atende 24 horas, sete dias na semana. Sem contar no número ilimitado de atendimentos simultâneos que ela pode fazer”, ressalta o presidente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.