Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A justiça federal de Paranaguá deferiu parcialmente liminar determinando que a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina se abstenha de proibir o serviço de enlonamento de caminhões por trabalhador não associado ao Sindicato dos Arrumadores. O serviço era feito, sem amparo legal, somente por funcionários daquele sindicato, impedindo outros trabalhadores.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]