i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Espuma

Lucro da cervejaria Ambev cresceu 354% no trimestre

  • PorGlobo Online
  • 11/05/2006 07:57

Atualizado em 11/05/2006 às 19h35

A Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) encerrou os três primeiros meses de 2006 com um lucro líquido de R$ 655,9 milhões, uma alta de 354,7% em relação aos R$ 144,2 milhões registrados no mesmo período do ano passado. O resultado foi fortemente influenciado pelas operações da empresa no Brasil, onde o verão prolongado e o aumento da renda da população ajudaram no crescimento das vendas de cervejas e refrigerantes.

A geração de caixa medida pelo EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) cresceu 17,7% para R$ 1,709 bilhão entre os primeiros trimestres de 2005 e de 2006.

As operações da AmBev no Brasil corresponderam a 67,3% da receita líquida consolidada da companhia, que foi de R$ 3,969 milhões no total. A empresa aumentou sua participação no mercado, em média, segundo a ACNielsen, de 67,8% para 68,7% em cervejas, e de 17,2% para 17,4% em refrigerantes. O volume de vendas de cervejas cresceu 8,1% e de rerigerantes, 12,5% no período.

A Ambev é a a maior cervejaria da América Latina, mas também atua nas Américas do Norte e Central, totalizando 14 países. A participação de HILA (América Latina Hispânica) no receita líquida foi de 14,5% (R$ 573,7 milhões), uma alta de 4,3% sobre os três primeiros meses de 2005. Nos países que compõem HILA-ex (República Dominicana, Guatemala, Equador, Peru, Venezuela, Nicarágua e El Salvador), o volume de vendas cresceu 11,0% na comparação entre os primeiros trimestres de 2005 e 2006, com destaque para as vendas da unidade do Peru, mercado em que a AmBev atingiu mais de 15% de participação de mercado na região de Lima.

Nas operações de Quinsa (Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai), empresa na qual a AmBev tem participação de 59,8%, o EBITDA cresceu 17,2% em dólares americanos, com especial destaque para o crescimento do mercado de refrigerantes, com crescimento de volumes de 32,6%.

O clima também incentivou o aumento do consumo no Canadá, onde houve expansão a venda de cervejas Brahma. O EBITDA local ficou 12,1% maior, em dólares canadenses, comparado ao primeiro trimestre de 2005.

"Os valores para as operações de Quinsa e da América do Norte, quando demonstrados em moeda brasileira, sofrem impacto devido à valorização do Real. As variações, porém, quando em moeda local, se tornam mais representativas e refletem a verdadeira condição das operações", diz a nota da empresa.

A AmBev foi criada em de julho de 1999 com a fusão das cervejarias Brahma e Antarctica, aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em 30 de março de 2000. Em março de 2004 a empresa anunciou uma aliança com a Interbrew que formou a InBev, hoje a maior cervejaria do mundo em volume.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.