Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Brasília - A aposta predominante no mercado financeiro é a de que a taxa Selic voltará a ser reduzida em 0,75 ponto porcentual, de 16,50% para 15,75% ao ano, na reunião que começa hoje e termina amanhã do Comitê de Política Monetária (Copom). A previsão consta da mais recente pesquisa feita pelo Banco Central (BC) entre instituições financeiras.

Esta seria a terceira queda seguida da taxa na mesma magnitude. O espaço para uma queda maior, na visão de analistas, é mínima. O Copom, em contrapartida, ganhará espaço para promover uma outra queda de 0,75 ponto no fim de maio. A partir daí, os juros começarão a cair num ritmo mais lento. "Poderemos ter uma redução de 0,5 ponto em julho e mais duas quedas de 0,25 ponto", avalia um observador.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]