O setor imobiliário paranaense projeta crescimento acima de 4% no segmento da construção civil neste ano e aponta para uma valorização entre 10% e 15% no preço dos imóveis novos. Os dados fazem parte de pesquisa realizada pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi) apresentada ontem na abertura da 21ª Feira de Imóveis do Paraná. De acordo com o levantamento, o índice de velocidades de venda dos imóveis novos se manteve acima de 10% entre janeiro e julho – o que significa que uma de cada dez unidades disponíveis em Curitiba é vendida em um mês. A média histórica do índice é de 4,8%. A situação leva o presidente da Ademi, Gustavo Selig, a duvidar da existência das turbulências que certamente tiram o sono da equipe econômica do governo. "Até agora não vimos crise. Sempre que tem um boato de crise, o mercado imobiliário cresce", avalia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]