Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Microsoft liberou na terça passada o maior pacote corretivo para software já feito pela empresa, incluindo reparos para o sistema operacional Windows e o navegador de internet para vulnerabilidades que poderiam permitir a hackers assumir o controle do PC. Os corretivos buscam solucionar exposição, entre outras coisas, ao vírus Stuxnet, que atacou uma usina nuclear do Irã e outros sistemas de controle industrial em todo o mundo.

Quatro dos corretivos são de prioridade máxima, segundo a Microsoft, e deveriam ser baixados imediatamente pelos usuários para protegê-los de potenciais ataques criminosos ao Win­dows. A Microsoft disse que também fez o reparo de ou­­tras fraquezas de segurança menos sérias no Windows, além de problemas em seu pacote de aplicativos Office e no software Microsoft Ser­ver para computadores corporativos. Ao todo, a Mi­­cro­soft liberou 16 corretivos para 49 problemas em seus produtos, muitos deles descobertos por pesquisadores externos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]