Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O ministro do Trabalho, Manoel Dias, defendeu ontem a manutenção da multa adicional de 10% do FGTS paga por empresas em caso de demissões sem justa causa. Em entrevista ao programa de rádio e TV Bom Dia Ministro, Dias afirmou que "boa parte" desse valor é destinado a projetos sociais como o Minha Casa, Minha Vida, principal programa habitacional do governo federal. "O projeto ainda tem alcance social muito grande e, oportunamente, em um momento correto, o governo brasileiro entenderá que deve ser encerrado a cobrança desse adicional", disse. Dias afirmou que o Ministério do Trabalho foi consultado e opinou pelo veto, ou seja, pela manutenção da multa adicional.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]