i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
crise

Não houve acordo com o Chipre, diz ministro russo

Delegação russa não estava interessada nas propostas feitas pelo país endividado, afirmou o ministro das Finanças russo, Anton Siluanov

  • PorAgência Estado
  • 22/03/2013 04:35

A Rússia não concordou em fornecer ajuda financeira para o Chipre, depois de dois dias de negociações em Moscou, uma vez que a delegação russa não estava interessada nas propostas feitas pelo país endividado, afirmou o ministro das Finanças russo, Anton Siluanov, nesta sexta-feira (22), de acordo com agências de notícias russas.

"Nós tivemos a última rodada de negociações ontem. As negociações estão encerradas", disse Siluanov a repórteres.

O Chipre tinha proposto a criação de uma empresa estatal, que deteria ativos de gás. O país também ofereceu aos investidores russos a oportunidade de comprar títulos e ações desta empresa, afirmou Siluanov.

"Nossos investidores consideraram a questão, não mostraram nenhum interesse", disse Siluanov.

Ele também disse que os russos não estavam interessados em comprar os bancos do país. Um novo empréstimo para Chipre não foi considerado por causa dos limites de endividamento estabelecidos pela Europa, acrescentou Siluanov. As informações são da Dow Jones.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.