i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Game

Obras do MAM de SP viram quebra-cabeças em jogo para celular

São 42 artistas e 51 obras presentes no app, que busca aproximar o público mais jovem do universo dos museus e da arte

  • PorEstadão Conteúdo
  • 25/09/2014 11:23
O game convida os usuários de iOS e Android a tentar recriar os quadros do acervo da instituição | Divulgação.
O game convida os usuários de iOS e Android a tentar recriar os quadros do acervo da instituição| Foto: Divulgação.

Ao pintar seus quadros, Tarsila do Amaral talvez não soubesse, mas também estava criando bons quebra-cabeças. O mesmo vale para outros grandes artistas brasileiros, como Beatriz Milhazes e Flávio de Carvalho: os três, acompanhados de outros 39 artistas, tiveram suas obras transformadas em game pelo Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP).

Lançado nessa semana, o aplicativo MAM Quebra-Cabeça convida os usuários de iOS e Android a tentar recriar os quadros do acervo da instituição a partir de peças embaralhadas, em três níveis de dificuldade (fácil, médio e difícil).

Ao todo, são 42 artistas e 51 obras presentes no aplicativo, que busca aproximar o público mais jovem do universo dos museus e da arte.

"O quebra-cabeça é um game antigo, mas até hoje é procurado por todos os públicos. No aplicativo do MAM-SP, o usuário sai da condição passiva que tem no museu e se torna ativo ao montar a obra", diz Felipe Chaimovich, curador da instituição.

Além de montar as obras, o usuário pode ainda escolher uma moldura para elas e compartilhar seus feitos nas redes sociais. O app contém ainda uma agenda de exposições e eventos do MAM-SP.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.