i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Expectativa

Páscoa: supermercados diminuem encomendas de ovos mais caros

    • Reuters
    • 25/02/2015 14:30

    A maior parte dos supermercados brasileiros projeta estabilidade nas vendas de Páscoa na comparação com o ano passado, mostrou pesquisa da associação que representa o setor, Abras, que também apontou preparação dos varejistas para consumidores mais sensíveis a preços.

    Dentre os entrevistados, 55,8% disseram acreditar que as vendas ficarão no mesmo nível de 2014, 17,3% previram vendas mais fracas e 26,9% estimaram um resultado superior ao obtido um ano antes.

    A Páscoa é considerada a segunda data mais importante em vendas para o setor, atrás do Natal.

    Em comunicado, o presidente do Conselho Consultivo da Abras, Sussumu Honda, afirmou que neste ano o varejista está mais cauteloso.

    “Apesar de as vendas dos supermercados como um todo ainda estarem positivas, a percepção de um ano difícil com crescimento nulo e inflação alta, aliada aos juros mais altos e corte de despesas do governo, acaba afetando as expectativas do setor”, disse.

    A pesquisa da entidade também apontou que os supermercados estão enxergando menor disposição dos consumidores em investir em ovos de Páscoa: os produtos com mais de 500 gramas, mais caros, foram os únicos na categoria de chocolates que apresentaram queda nas encomendas sobre um ano antes, com recuo de 6,7% em valor.

    O aumento mais expressivo, de 5,9%, foi para os ovos de até 150 gramas, os mais baratos.

    Primeiro mês do ano

    Em janeiro, as vendas reais dos supermercados no Brasil subiram 3,42% sobre um ano antes, conforme dados divulgados nesta quarta-feira pela Abras.

    “O resultado do primeiro mês do ano é bom, mas o nosso setor segue com muita expectativa e certa preocupação com os acontecimentos econômicos em curso”, avaliou Honda.

    Em 2014, as vendas de janeiro tiveram crescimento anual de 4,5%.

    O preço da cesta AbrasMercado, que conta com 35 produtos de amplo consumo pesquisados pela GfK, cresceu 5,64% em janeiro na comparação anual e avançou 1,04% sobre dezembro, a 385,06 reais.

    Os produtos que tiveram maior alta sobre o mês imediatamente anterior foram batata (+33,21%), feijão (+14,91%) e cebola (+11,07%). Por outro lado, as maiores quedas foram sofridas por queijo prato (-5,62%), farinha de mandioca (-4,82%) e leite longa vida (-4,71%).

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.