i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Preços

Petróleo fecha quase estável em NY; US$ 106,72 o barril

  • PorAFP
  • 05/03/2012 16:20

Os preços do petróleo fecharam quase estáveis nesta segunda-feira (5) em Nova York, em um mercado dividido entre estatísticas econômicas decepcionantes no Ocidente e na China, e as persistentes tensões no front do fornecimento no Oriente Médio.

O barril de "light sweet crude" (WTI) com entrega em abril subiu dois centavos em relação ao fechamento de sexta-feira, para terminar em 106,72 dólares o barril no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte para a mesma data fechou em 123,80 dólares, alta de 15 centavos em relação ao fechamento de sexta-feira.

"Durante todo o dia houve falta de entusiasmo", resumiu Matt Smith, analista da Summit Energy (grupo Schneider Electric).

Entre os fatores que pesaram sobre os preços, a revisão para baixo da meta de crescimento da China, para 7,5% este ano contra 8% no ano passado, "preocupou porque todo o crescimento econômico mundial vem da China", explicou Smith.

Outra estatística decepcionante foi a contração da atividade privada em fevereiro na Zona Euro, de acordo com a segunda estimativa divulgada na segunda-feira que foi inferior à primeira.

"Mas de forma geral, o mercado está sem direção, dividido entre estes indicadores e as preocupações com o Oriente Médio", disse Smith.

Nessa parte do mundo, continua incluindo o programa nuclear iraniano e as tensões geradas com o Ocidente, que considera que o Irã quer obter a arma atômica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.