Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu em baixa de 0,10% nesta quarta-feira de definição no mercado doméstico, com o Índice Bovespa em 29.040 pontos. O dólar à vista subia 0,62% às 11 horas, cotado a R$ 2,254 na compra e R$ 2,256 na venda.

A quarta-feira tem como principal destaque a definição dos juros básicos da economia (taxa Selic) neste segundo dia de reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). Mas o ambiente internacional volta a roubar a cena, devido à preocupação internacional com questões relacionadas à economia americana.

O temor de um aumento mais forte nos juros americanos continua como principal motivo dos ajustes de carteira de fundos internacionais. Mas os mercados também mostram apreensão com o fortalecimento do furacão Wilma, que já atingiu a categoria 5, em um período mais rápido que o esperado. O petróleo opera em alta.

O mercado financeiro chega dividido ao segundo dia da reunião do Copom. Parte dos analistas apostam em um corte de 0,5 ponto percentual na taxa Selic, enquanto outros acreditam que o cenário sugere uma baixa de 0,25 ponto. Entre os que apostam no conservadorismo do BC, a justificativa é que a produção industrial brasileira subiu bastante em agosto (1,1%) e que o cenário internacional está bastante instável.

Os títulos da dívida externa brasileira recuam e o risco-país nacional marca 383 pontos centesimais, com alta de 9 pontos no dia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]