i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Viaje com o Zé Bagagem

Carlão. O maldito Carlão...

  • PorGazeta do Povo
  • 01/03/2006 21:00

O carnaval nem bem terminou e você já fez as contas para saber quanto tempo falta para o próximo feriado? Já sabe então que, a partir de hoje, serão 43 dias até a Sexta-Feira Santa. Quarenta e três loooongos dias, não é? Mas que atire a primeira pedra quem nunca fez uma contagem regressiva para um feriado ou para as férias. Mas é bom ir devagar com o andor. A ansiedade e o estresse, antes e durante as "férias maravilhosas", podem estragar o descanso. Eu costumo dizer que as férias podem ser como aquele mulherão que você tanto deseja mas que, quando ela finalmente lhe dá bola, você não sabe o que fazer – ou faz tudo errado.

Eu que o diga. Não com o mulherão... Estão pensando o quê? Mas sim com as férias. Certa vez, passei uns quatro anos sem tirar o meu sagrado mês longe do trabalho. Três meses antes, já tinha aberto a contagem regressiva. Faltam 120 dias. Faltam 90 dias. Falta um mês. E assim por diante. Pouco antes do Dia D, o Carlão, colega lá do trabalho, me perguntou: "Vai viajar?". Até aquele momento eu nem tinha pensado muito nisso. Queria mesmo era ficar alguns dias em casa de pernas para o ar – para descansar de verdade. Depois viajava ao sabor do vento, do jeito que eu gosto.

Mas aquela pergunta feriu meu orgulho de viajante inveterado. Foi como se meu colega tivesse dito: "O quê? Não vai viajar?" Fiquei atônito alguns instantes. "O que eu respondo?", pensei. "E se eu disser não sei? Todo mundo viaja nas férias..." A tensão tomou conta de mim. E, naquela átimo (essa palavra é boa, né), encurralado, decretei: "Vou". Eu nem sabia se ia mesmo. Mas o pior veio depois. Estufei o peito e disse: É uma viagem... pela Europa". O que eu tinha feito? Para quem nem sabia se ia viajar muito longe, eu havia assumido o compromisso de ir à Europa. "Me mostra depois as fotos, o vídeo da viagem", completou Carlão. "É claro", disse eu.

Aí, o que era para ser descanso, se transformou em estresse. Precisava arranjar um pacote. Meus primeiros dias de férias foram correndo atrás de uma agência de viagens. Logos os primeiros dias das férias, que são os mais gostosos... Depois, arrumar a mala. Mas o que levar? Estresse de novo. Pegar o avião, esperar nos aeroportos pelas conexões, ficar espremido no meio das poltronas do avião por um senhor obeso que ronca e uma criança com o bicho-carpinteiro. Mais estresse.

Na viagem em si, uma correria total. Já que eu tinha mesmo que viajar, que fosse para o maior número de lugares possíveis. Meu pacote incluía umas trocentas cidades em uns 10 dias de viagem: Lisboa, Madri, Paris, Roma... Era preciso registrar tudo. Tirar fotos. Filmar. Afinal, eu tinha que mostrar o resultado pro Carlão. Mas você sabe que minha melhor lembrança da Torre Eiffel? A de eu ter perdido quase o tempo todo da visita tentando engatar o filme na carretilha da máquina fotográfica. E do Coliseu? Bem, o Coliseu eu só fui lembrar depois, assistindo ao vídeo. Passei o tempo todo filmando. Voltei para o Brasil e para o trabalho mais cansado do que antes. E olha que o Carlão nem quis ver as fotos e os vídeos... Maldito seja. Mas chega de histórias. O calendário ao lado do micro em que escrevo esta coluna está mostrando que minhas férias estão chegando... Confesso que estou meio ansioso. Fazer o quê?

* O Zé Bagagem esteve neste espaço durante todas as quintas-feiras do verão para contar suas experiências – meio fantasiosas, diga-se – para dar dicas verdadeiras de como evitar que você pague "mico" em suas férias. Hoje, ele tira suas merecidas férias. Que não sejam estressantes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.