i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Comissão

Senado deve criar até 200 vagas

  • 28/08/2010 21:03

O Senado Federal divulgou, na semana passada, que criou uma comissão especial para organizar um novo concurso. O número de vagas e cargos oferecidos ainda não foi definido, uma vez que está sendo realizado um levantamento da necessidade de pessoal pelos diretores e da Secretaria de Recursos Humanos do órgão. Estão previstas a criação de 150 a 200 vagas. A comissão especial conta com nove servidores.

De acordo com nota divulgada pelo Senado, o presidente da comissão, Bruno Dantas, explica que muitas áreas não foram contempladas no último concurso (2008) e que 500 servidores do órgão solicitarão aposentadoria. Aproximadamente 1,1 mil funcionários já possuem condições para se aposentar.

O presidente ainda relatou que, se o concurso não for realizado, haverá mais servidores comissionados que concursados na Casa. "Nem sempre é possível suprir todos os cargos vagos, já que o orçamento é limitado. Há políticas da Secretaria de Re­­cursos Humanos que precisam ser atendidas. Caberá à direção da Casa definir o número final", afirmou em nota.

O último concurso do Senado ocorreu em 2008 e contou com 150 vagas de níveis médio e superior. Na ocasião, foram lançados cinco editais. Havia 91 vagas para analista legislativo (nível superior) e 59 para técnico (nível médio). Os salários variavam de R$ 6.722,68 a R$ 11.815,94. Os candidatos foram submetidos a provas objetivas e discursivas, aplicadas nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasí­­lia (DF), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.